Coimbra  20 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra revoltada com instalação de Tribunal Central em Castelo Branco

8 de Maio 2023 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra revoltada com instalação de Tribunal Central em Castelo Branco

O presidente da Câmara de Coimbra mostrou-se revoltado com a intenção do Governo de instalar o novo Tribunal Central Administrativo e Fiscal (TCAF) do Centro em Castelo Branco.

“Fomos surpreendidos e ficámos chocados com o rápido anúncio por parte do Governo da intenção de instalação de um novo Tribunal Central Administrativo e Fiscal em Castelo Branco”, afirmou esta segunda-feira José Manuel Silva, que falava durante o período antes da ordem do dia da reunião do Executivo de Coimbra.

O autarca recordou que o anúncio aconteceu depois de o Município ter “forçado uma reunião com a senhora ministra da Justiça” para resolver vários problemas no sector que afectam o concelho e para defender a instalação daquele Tribunal na cidade.

“O Governo socialista tem prejudicado Coimbra repetida e insistentemente na área da Justiça, perante o silêncio cúmplice, que nunca deixaremos que seja esquecido, dos socialistas de Coimbra”, criticou.

José Manuel Silva salientou que “Coimbra vai mobilizar-se para lutar por mais investimento na área da Justiça e não mais irá deixar-se enganar por meras e requentadas promessas”.

“Estamos revoltados”, asseverou, questionando: “Onde vai o Governo encontrar 16 juízes desembargadores para instalar o novo TCAF em Castelo Branco?”.

O presidente da Câmara de Coimbra vincou que o Município irá “mobilizar-se para lutar por tudo aquilo” que considera ter direito.

O actual Executivo defende, entre outros assuntos, a construção do há muito aguardado novo Palácio da Justiça, a relocalização do Estabelecimento Prisional de Coimbra e a mudança do Tribunal Constitucional e Supremo Tribunal Administrativo para a cidade.

Ainda durante o período antes da ordem do dia, José Manuel Silva recordou os 50 anos de actividade do Hospital dos Covões (conforme o “Campeão” noticiou na passada quinta-feira), aproveitando a efeméride para desafiar o ministro da Saúde a visitar o Hospital e a “trazer alguma prenda” para aquela unidade.

“As bodas de ouro do Hospital dos Covões, mas sobretudo o SNS [Serviço Nacional de Saúde] e os doentes, merecem essa consideração”, referiu.