Coimbra  25 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra quer alteração do MetroBus na Rua General Humberto Delgado

2 de Maio 2022 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra quer alteração do MetroBus na Rua General Humberto Delgado

A Câmara de Coimbra aprovou, esta segunda-feira, uma proposta de alteração ao projecto do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM) que prevê a redução de uma das vias de circulação automóvel na Rua General Humberto Delgado.

A proposta defende que a Metro Mondego adopte um perfil “menos intrusivo” naquela rua, “com a redução de uma das vias de circulação automóvel no sentido oeste/este”, entre a rotunda da Avenida Fernando Namora e a rotunda da ACIC.

A proposta pretende libertar algum espaço afectado ao sistema rodoviário, “promovendo a mobilidade suave através da sua utilização como zona pedonal ou ciclovia”.

“Nesse sentido e em directa interacção com a Câmara Municipal foram estudados diversos cenários de procura e de soluções geométricas, de forma a identificar qual a melhor solução para, sem pôr em causa o normal desempenho do sistema, permitisse libertar algum espaço afectado ao sistema rodoviário”, constatou a vereadora Ana Bastos, que tem competências delegadas nas áreas do planeamento territorial, infra-estruturas e espaços públicos, transportes e mobilidade.

“Considerando os resultados do estudo efectuado pela empresa Engimind, verifica-se a possibilidade da redução de uma das vias previstas para a Rua General Humberto Delgado, no sentido da Avenida Fernando Namora, mantendo um desempenho adequado. Esta alteração permite o objectivo de diminuir o espaço dedicado ao tráfego motorizado, promovendo a mobilidade suave através da sua utilização como zona pedonal ou ciclovia”, pode ler-se na informação técnica dos serviços municipais aprovada na reunião do Executivo.

A vereadora Ana Bastos destacou que “a adopção deste perfil menos intrusivo permitirá reafectar o espaço sobrante à mobilidade pedonal e eventualmente a outros modos suaves”. “Nesse sentido é aqui proposto aprovar esta pretensão e, em conformidade, dar conhecimento desta conclusão à Metro Mondego para revisão localizada do projecto”, acresentou.

A empresa Engimind avaliou os fluxos de trânsito em vários cenários e apresentou quatro soluções, sendo que os serviços técnicos consideram que uma só via não teria capacidade para garantir uma adequada taxa de saturação, nomeadamente na rotunda da ACIC, pelo que se irá manter duas vias no sentido Estádio, sendo a via suprimida no sentido à Circular de Coimbra, isto é, oeste/este.