Coimbra  18 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra inicia construção de nova via de acesso à Cidreira

20 de Agosto 2020 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra inicia construção de nova via de acesso à Cidreira

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) vai iniciar a construção de uma nova via de acesso à Cidreira, na União das Freguesias de Antuzede e Vil de Matos, que vai ligar a Estrada Nacional 111 à rua da Escola Primária, acabando, assim, com o actual acesso estreito e sinuoso à povoação, onde não chegam veículos pesados.

A empreitada foi consignada à empresa Delfim de Jesus Martins & Irmãos, Lda. e representa um investimento de 345 mil euros e tem um prazo de execução de 240 dias (cerca de oito meses).

O projecto inclui terraplenagens, drenagem, pavimentação, passeios, muros, obras acessórias, sinalização e iluminação pública.

O novo acesso à povoação na Cidreira terá 211 metros de extensão (sobrepondo-se parcialmente ao antigo traçado da EN 111, abandonado após a execução da rotunda da Cidreira), melhorará significativamente o acesso à povoação e aos equipamentos existentes, como a antiga escola primária, o Pavilhão Polidesportivo da Cidreira e a Capela.

O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, realçou a importância desta obra estratégica de melhoramento para a comunidade, mas também para a economia da cidade, da região e do país. “Há muito gente que tende a desanimar, mas nós estamos a passar a mensagem de que é possível fazer [mesmo com a pandemia] e ao fazermos estamos a garantir postos de trabalho e actividade económica e social”, salientou o autarca.

Manuel Machado desafiou o empreiteiro a reduzir o prazo de execução, garantindo que se isso acontecer a autarquia acelerará o prazo de pagamento da empreitada.

Além da via está prevista a construção de uma rede de drenagem de águas pluviais, a ligar a um aqueduto existente na EN 111, e um colector de águas residuais, bem como a reformulação das redes de saneamento e distribuição de água existentes no troço da antiga nacional, pois ficariam localizadas a profundidades significativas, o que limitaria a ação para futuras intervenções.

Será, também, instalada a rede de iluminação pública e tubagens e caixas para a rede de telecomunicações. O projecto prevê, ainda, os seguintes trabalhos: muros de suporte; vedações e muros; sinalização horizontal e vertical.

Na cerimónia estiveram presentes o presidente da Junta da União das Freguesias de Antuzede e Vil de Matos, Diamantino Jorge, os vereadores Carlos Cidade, Regina Bento, Jorge Alves e Carina Gomes, bem como funcionários municipais e os representantes da empresa.