Coimbra  23 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra gere plataforma para reabilitação energética das habitações

4 de Agosto 2023 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra gere plataforma para reabilitação energética das habitações

A Câmara Municipal é a entidade gestora do centro de informação sobre eficiência energética RENOVAR.Coimbra.

Trata-se de um ponto de apoio para todos os residentes no município em situação de pobreza energética e que pretendem fazer uma reabilitação energética à sua habitação.

As tarefas são implementadas pela Câmara de Coimbra e pelo Instituto de Sistemas e Robótica da Universidade de Coimbra, que são membros do consórcio do projecto-piloto REVERTER.

Através do endereço RENOVAR.Coimbra.pt já é possível aceder a toda a informação.

Coimbra faz parte de uma rede europeia de Balcões Únicos do projecto-piloto REVERTER, financiado ao abrigo do Programa “LIFE” da União Europeia, que tem como objectivo agilizar a redução da pobreza energética na Europa, integrando temas como a educação, a economia, o ambiente, a sociedade civil e a administração pública, na melhoria energética eficaz de edifícios habitacionais.

O Balcão Único, ao qual se pode aceder através de RENOVAR.Coimbra.pt, fornece informação, orientação e serviços de reabilitação a agregados familiares vulneráveis, inscrevendo-os em programas de financiamento para melhoria da eficiência energética, melhoria das condições de salubridade e conforto das habitações, de forma a aumentar o seu interesse pela reabilitação facultando o acesso a informação relevante de apoio à tomada de decisão desde as fases iniciais do processo.

Recorde-se que, em Dezembro de 2022, a Câmara de Coimbra apresentou o Plano de Eficiência Energética (PEE) para 2023, que vai permitir uma poupança anual superior a 781 mil euros e a redução de 631t de CO2. O plano é composto por 12 medidas, entre as quais, na área social, a medida “Auxiliar no combate à pobreza energética do município”, sendo propostas duas acções: “Realização de auditorias a habitações referenciadas pelos Serviços de Acção Social” e “Realização de auditorias energéticas a habitações de munícipes identificados pelas Juntas/Uniões de Freguesia.