Coimbra  18 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra apoia IPN para reforçar a actividade da incubadora

13 de Agosto 2021 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra apoia IPN para reforçar a actividade da incubadora

O Executivo da Câmara Municipal de Coimbra vai analisar e votar, na sua reunião de segunda-feira, uma proposta de apoio financeiro municipal à incubadora do Instituto Pedro Nunes (IPN), no valor de 85 mil euros, que será formalizado através da assinatura de um protocolo de colaboração entre as duas entidades.

Um apoio solicitado pelo IPN com o objectivo de, lê-se na informação técnica dos serviços municipais, possibilitar “dar um salto qualitativo na sua actividade”, permitindo reforçar o apoio dado à equipa que auxilia as empresas e viabilizar a valorização salarial dos técnicos altamente qualificados afectos aos diversos projectos da incubadora. O IPN argumenta, ainda, que a viabilização do apoio financeiro será essencial para garantir, numa conjuntura que se prevê favorável, a atracção de empresas estrangeiras e uma nova dinâmica que será possível com o novo edifício para empresas da área espacial.

O IPN terá, como contrapartida, que assegurar a gestão e exploração das infraestruturas e equipamentos da IPN Incubadora (incluindo a elaboração e concretização de novos projectos de investimento); a prestação de apoio técnico a empreendedores no domínio da incubação de ideias e empresas inovadoras, de base tecnológica e serviços avançados (incluindo a captação e mobilização de empresas e ideias de negócio para instalação na incubadora e o apoio à criação de emprego qualificado); o apoio a utilizadores do espaço municipal Cowork Pátio – Criatividade e Inovação; a concepção e desenvolvimento de actividades e projectos nos domínios da promoção do empreendedorismo qualificado e inovação; e a integração e participação activa em redes interinstitucionais de âmbito local, regional, nacional e internacional com relevância para as actividades descritas anteriormente.

Refira-se que o IPN tem um papel de relevante importância para a cidade de Coimbra. O instituto, criado em 1991, visa promover a inovação e a transferência de tecnologia, estabelecendo a ligação entre o meio científico e tecnológico e o tecido produtivo que tem vindo a traçar um caminho de sucesso. A sua actividade desenvolve-se em três áreas fundamentais: investigação e desenvolvimento tecnológico (dispõe já de seis laboratórios próprios de desenvolvimento tecnológico em áreas diversificadas); incubação e aceleração de empresas de base tecnológica (promove a criação de empresas spin-off e auxilia as empresas em estado de maturidade mais avançado, que já vingaram no mercado e ambicionam um rápido crescimento); formação especializada (aposta na formação contínua de alto nível).

Ao longo da sua existência, já foram criadas neste instituto várias empresas spin-off de sucesso, que têm levado o nome de Coimbra aos quatro cantos do mundo, e nos últimos anos o IPN conquistou, também, uma posição de destaque na promoção da economia espacial em Portugal. O instituto conta, ainda, no currículo com prémios internacionais de melhor incubadora, posicionando-se no top dez das melhores incubadoras do mundo.

O IPN integra, ainda, o Internet Innovation Hub (IHUB), uma organização líder na Europa para a Inovação e Educação na área de Tecnologias de Informação e Comunicação, o que permite a Coimbra uma afirmação nacional e internacional. A Câmara de Coimbra apoia o IHUB do IPN desde o seu início, que remonta a 2015, tendo, para o efeito, apoiado financeiramente o projecto em 131 mil euros nos últimos cinco anos. Este projecto tem contribuído para a projecção da imagem de Coimbra interna e externamente, tendo apoiado de forma directa cerca de 40 ‘startups’ nacionais, que alcançaram incentivos ao investimento de cerca de 2,2 milhões de euros. É, ainda, de realçar que 14 empresas inicialmente apoiadas pelo programa alcançaram já um apoio ao investimento acumulado superior a 5,5M€ e empregam, actualmente, cerca de 140 jovens altamente qualificados.

Refira-se que a incubadora do IPN tem uma actividade de relevante importância para Coimbra, promovendo a investigação e o desenvolvimento tecnológico, a incubação e aceleração de empresas e a formação especializada.