Coimbra  23 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra apoia Centro de Acolhimento João Paulo II com mais de 22 mil euros

16 de Junho 2024 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra apoia Centro de Acolhimento João Paulo II com mais de 22 mil euros

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra aprovou, na sua reunião de 14 de Junho, uma proposta de apoio financeiro ao Centro de Acolhimento João Paulo II (CAJPII), no valor de 22.306,99 euros, no âmbito do Regulamento Municipal para Atribuição de Apoios na Área Social (RMAAAS). Um valor que vai possibilitar que o CAJPII dê continuidade ao projeto de apoio à comunidade imigrante, que visa contribuir para a plena integração dessa comunidade no concelho durante o corrente ano de 2024. O apoio concretiza-se através da celebração de um Contrato-Programa de Desenvolvimento Social entre o Município de Coimbra e o CAJPII.

O projeto levado a cabo pelo CAJPII visa contribuir para a plena integração da comunidade imigrante do concelho, promover a igualdade de oportunidades a nível socioeconómico e no acesso ao mercado de trabalho, prestar apoio e acompanhamento psicossocial, proporcionar apoio aos imigrantes que se encontrem numa situação socioeconómica desfavorável, articular com as entidades públicas e privadas que poderão vir a dar respostas mais sustentadas, referenciar e encaminhar situações socioeconómicas vulneráveis para os devidos serviços, prestar informações sobre o acesso a prestações sociais, promover a diversidade e a interculturalidade, bem como combater todas as formas de discriminação racial e promover a interação com a população nacional.

Para cumprir com esses objetivos, o CAJPII possui parcerias formais com várias organizações e instituições, designadamente com a Organização Internacional das Migrações, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Centro Distrital de Coimbra do Instituto se Segurança Social I.P., a Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, a Cáritas Diocesana de Coimbra, a Rede Social de Coimbra, o Centro de Respostas Integradas de Psiquiatria do Sobral Cid, o Banco Alimentar Contra a Fome, o Instituto Universitário Justiça e Paz, a Associação de Defesa e Apoio à Vida, o Centro de Apoio Social de Pais e Amigos da Escola e a Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Coimbra. Possui, ainda, parcerias informais com várias farmácias e estabelecimentos comerciais do concelho de Coimbra.

O CAJPII integra, ainda, estruturas locais de parceria, salientando-se a sua participação no Conselho Local de Ação Social de Coimbra, na Comissão Social de Freguesia de Santo António dos Olivais, enquanto membro do núcleo executivo e nos Grupos de Trabalho “Pessoas Idosas” e “Migrantes” da Rede Social de Coimbra.

O CAJPII solicitou, assim, o apoio da CM de Coimbra, para conseguir dar continuidade ao projeto. A instituição argumenta que, “face ao aumento exponencial dos fluxos migratórios, principalmente de origem de países de língua oficial portuguesa”, necessita de “apoio para a concretização do mesmo durante o ano de 2024.”. O CAJPP adianta, ainda, que a execução do projeto, com duração de 12 meses, tem um custo estimado de 55.079 euros e está prevista a prestação deste apoio a cerca de 80 famílias diagnosticadas com carências a vários níveis. Com esta resposta, pretende-se conseguir integrar estas famílias, sem recursos financeiros, na sociedade e, assim, consagrar este projeto como uma boa prática no acolhimento da população imigrante no concelho de Coimbra.

O CAJPII conta, também, com outros projetos na área social e disponibiliza uma variedade de respostas, serviços e atividades dirigidos aos agregados familiares mais carenciados, sendo uma instituição de apoio social de referência, cada vez mais procurado pela população residente na área geográfica de Coimbra.