Coimbra  28 de Fevereiro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara da Mealhada reabre candidaturas a salas de trabalho do espaço inovação

13 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: Câmara da Mealhada reabre candidaturas a salas de trabalho do espaço inovação

O Município abriu as candidaturas para a ocupação das salas de trabalho do Espaço Inovação Mealhada (EIM) que ficaram vagas devido à saída de entidades que atingiram o limite de permanência no local.

A primeira fase das candidaturas envolve “o preenchimento e submissão de um formulário de pré-candidatura, disponível no ‘website’ do EIM” e, após isto, o candidato deve “constituir o dossiê de candidatura, que consiste na junção dos documentos que vêm mencionados no Regulamento de Utilização e Funcionamento do EIM”, informou o Executivo.

A fase seguinte implica a avaliação das candidaturas, sendo os critérios “o grau de inovação das ideias, a contribuição para o aproveitamento das potencialidades locais e regionais, a exequibilidade do projecto, o potencial de criação de emprego e a adequação do perfil, competências técnicas e experiência do titular da candidatura à implementação do projecto”.

O EIM “é um projecto sem objectivos financeiros e assume-se como um espaço multifuncional, aberto à comunidade, de acolhimento gratuito de ideias e projectos inovadores em diferentes fases de desenvolvimento”, afirmou o Executivo.

Este espaço resultou da requalificação de um antigo edifício onde funcionou, durante décadas, o matadouro municipal, tendo o EIM uma “elevada importância para a identidade e história do concelho, enquanto elemento de referência na memória da população residente”.

O EIM começou a acolher projectos em 2016 e disponibiliza “dez gabinetes com mobiliário (um deles com oito postos de trabalho), serviço de recepção, recolha e distribuição de correio, internet, água, electricidade, limpeza e acesso a um conjunto de espaços de uso comum, entre os quais uma sala de reuniões, uma sala de formação/auditório e uma sala multifuncional”.

Ao longo dos quase cinco anos de existência, o EIM tem permitido o arranque de vários projectos, através da disponibilização gratuita de instalações e serviços. O espaço proporcionou, também, uma maior proximidade entre entidades, o que possibilitou a partilha de experiências e a cooperação entre projectos empresariais.

Este espaço já acolheu 33 das 38 candidaturas que recebeu e a cedência destas instalações tem permitido ao Município a fixação de empresas no concelho.