Coimbra  22 de Abril de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara da Mealhada adere ao programa “Portugal a Nadar”

25 de Fevereiro 2021 Jornal Campeão: Câmara da Mealhada adere ao programa “Portugal a Nadar”

A Câmara Municipal da Mealhada vai aderir ao “Portugal a Nadar”, um programa da Federação Portuguesa de Natação (FPN) que tem como objectivo promover a massificação da prática desta modalidade.

A iniciativa visa “garantir e facilitar o acesso a programas direccionados para o ensino, através de práticas aquáticas certificadas, destinadas desde bebés e crianças em idade pré-escolar e escolar até aos idosos”, informou o Executivo.

“Portugal a Nadar” resultou do Plano Estratégico 2014-2024, tendo a FPN desenvolvido “um modelo de referência técnico para o desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem” que envolve as suas várias vertentes – natação pura, polo aquático, natação artística, natação adaptação e saltos para a água.

Segundo a Câmara Municipal, a adesão a este programa irá permitir “o reconhecimento da qualidade pedagógica e didáctica da Escola de Natação do Município, através de um processo de certificação técnico-pedagógica que segue metodologias de análise definidas pelo departamento técnico da FPN, e visará a melhoria contínua desta escola e a promoção da natação, de forma a assegurar uma prática estruturada e regulada”.

Para além disto, irá possibilitar o acesso a formação contínua para os técnicos, através de processos de certificação, com o intuito de garantir a renovação das metodologias e implementação das melhores práticas utilizadas actualmente.

Através da formação profissional e certificada, a FPN “pretende garantir o aumento da qualidade dos professores de natação, através da progressão individual na carreira, com o acesso aos cursos de treinadores de grau II e III (natação pura, polo aquático e natação artística)”, informou a autarquia.

“Parece-nos inequívoco que a adesão do Município da Mealhada ao ‘Portugal a Nadar’ enriquecerá a formação específica dos professores de natação e também o processo de ensino-aprendizagem, com impacto directo na qualidade das aulas. Beneficia, por isso, os utentes das piscinas da Mealhada, na medida em que melhora os serviços prestados”, afirmou Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal.