Coimbra  10 de Abril de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cadeia Esperança Portugal, de Manuel Antunes, distinguida na Grécia

24 de Fevereiro 2020

A organização Cadeia da Esperança Portugal, liderada pelo cirurgião Manuel Antunes recebeu, na passada sexta-feira (21), o Prémio PAM 2019, um galardão entregue pela Assembleia Parlamentar do Mediterrâneo (APM) e sugerido pelos representantes da Assembleia da República Portuguesa.

O prémio, que distingue “indivíduos, organizações, instituições e entidades que demonstraram através de seu trabalho, compromisso forte e visível, realizações extraordinárias e promoção activa dos ideais do Mediterrâneo” foi entregue durante a 14.ª sessão plenária da APM, que se realizou em Atenas, na Grécia.

O prémio foi atribuído à Cadeia da Esperança “em reconhecimento da importância das missões cirúrgicas humanitárias e apoio médico a crianças refugiadas Sírias com patologia cardíaca congénita em território Jordaniano” e que esta associação, com sede em Coimbra, tem efectuado em Amã, na Jordânia.

Durante a última missão, realizada em Setembro de 2019 por uma equipa de nove médicos enfermeiros e técnicos liderada por Manuel Antunes, foram operadas com sucesso 13 bebés e crianças.

Além do trabalho na Jordânia, a Cadeia da Esperança tem outros projectos humanitários, com missões regulares, em Maputo e em São Tomé e Príncipe.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com