Coimbra  24 de Fevereiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Burro bebé é o animal de Fevereiro do Parque Biológico de Miranda

6 de Fevereiro 2020

O animal do mês de Fevereiro, no Parque Biológico da Serra da Lousã, em Miranda do Corvo, surgiu naturalmente, após o nascimento de um burro de raça de Miranda do Douro.

Os três exemplares adultos presentes no Parque Biológico pertencem a umas das últimas variedades de asininos autóctones do nosso país e são provenientes da Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA), às quais se junta agora uma cria, um macho.

Esta raça, muito dócil, apresenta uma corpulência rústica, até cerca de 1,35 metros. A pelagem do corpo é castanha escura, com algumas mechas mais claras e, na sua volumosa cabeça, apresentam manchas brancas em redor dos olhos e no focinho. As suas orelhas são muito características, grandes e largas na base com muito pelo, terminando de forma arredondada.

Devido à sua longevidade e polivalência, antigamente eram utilizados para a lavoura tradicional de minifúndio mas com o abandono destes meios de vida, a raça começou a entrar em declínio. Actualmente, podem ser encontrados nos concelhos de Miranda do Douro, Bragança, Vimioso e Mogadouro.

Com o intuito de preservar a raça existem várias actividades associadas a ela, ligadas ao turismo, pedagógicas e terapêuticas. Ao longo dos anos, foram realizados vários estudos sobre as populações e a sua preservação bem como das propriedades do leite de burra, que tem sido utilizado para a confecção de cosméticos e produtos farmacêuticos e, foi recentemente iniciada a sua produção como substituto do leite materno humano.

 

Burro raça Miranda (2)

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com