Coimbra  27 de Janeiro de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bonifrates apresenta em antestreia “Quero dançar o poente”

8 de Dezembro 2021 Jornal Campeão: Bonifrates apresenta em antestreia “Quero dançar o poente”

A Cooperativa Bonifrates, quase a completar 42 anos de existência, apresenta, em antestreia, amanhã (9), pelas 21h45, no Teatro-Estúdio Bonifrates na Casa Municipal da Cultura, a sua nova produção “Quero dançar o poente”.

“Quero dançar o poente” é uma criação colectiva da Bonifrates, com Direcção, dramaturgia e encenação de João Maria André e cenografia do Atelier do Corvo, que foca o tema do envelhecimento activo e criativo e que foi construída ouvindo e recriando relatos de projectos desenvolvidos por aqueles que, no tempo da maior idade, continuam a acreditar que é possível continuar a criar e a oferecer novos mundos ao mundo.

Nas palavras do encenador, “Quero dançar o poente é um espectáculo sobre a idade. A idade que ainda tem muita idade, ao longo do fio do tempo que se continua a enrolar e a desenrolar no fuso dos dias, das semanas, dos meses, dos anos… A idade vista não como um fatalismo, em que se entra na última estação do comboio trágico da vida, mas como um processo que pode ser caracterizado pela mesma criatividade, a mesma alegria e a mesma capacidade de fazer que alimentam os sonhos das crianças e dos jovens.”

João Maria André acrescenta “esta peça é, sobretudo, um hino à esperança que cintila com todo o seu fulgor na pele marcada pelas rugas do tempo e pelas cicatrizes da vida. Por isso, nela, através dos gestos de quem se recusa a acreditar que o amor tem prazo de validade, dançamos o poente como se fosse um nascer do sol todos os dias novo e todos os dias diferente.”

A peça conta com a interpretação de Alexandra Silva, Amábile Bezinelli, Ana Paula Santos, Cristina Janicas, João Paulo Janicas, José Castela, Madalena Damasceno, Maria José Almeida, Maria Manuel Almeida, Rui Damasceno, Teresa Paula Lopes, Cândida Ferreira, Ana Filipa Paz, Matilde Paz, apoio ao movimento de Clara Carvalho, música original de Luís Pedro Madeira e desenho de Luz de Nuno Patinho.

A Cooperativa Bonifrates é financiada pela Câmara Municipal de Coimbra e pela Direcção Regional da Cultura do Centro.