Coimbra  7 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bombeiros Voluntários celebram 126 anos com os sourenses

19 de Novembro 2016 Jornal Campeão: Bombeiros Voluntários celebram 126 anos com os sourenses

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Soure (AHBVS) festeja, hoje, 126 anos ao serviço da população. Uma data que será celebrada oficialmente amanhã (20), com as habituais comemorações abertas à comunidade.

A “festa” tem início logo pela manhã com a romagem aos cemitérios da Granja do Ulmeiro, Mogadouro e Soure, à qual se seguirá uma missa na igreja matriz.

Da parte da tarde, a partir das 15h00, começa a formatura e um desfile apeado pelas ruas de Soure (se as condições atmosféricas assim o permitirem), seguindo-se a bênção de três viaturas (duas ambulâncias e um auto-tanque), bem como as tradicionais condecorações de antiguidade ao serviço dos Bombeiros.

A tradicional sessão solene está marcada para as 17h00, com a presença de diversas entidades oficiais, desde o executivo municipal e das diversas juntas de freguesia do concelho, empresários de Soure, representantes da Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC) e, ainda, com a presença confirmada do secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes.

As comemorações terminam com um jantar na Quinta Dona Maria.

Para Hélder Carvalho, estas celebrações simbolizam “uma data importante na vida de qualquer Associação e estes 126 anos significam que a instituição está bem, esperando que haja a possibilidade de lhe dar continuidade por mais 126 anos”.

Uma corporação organizada

A corporação tem, actualmente, 120 elementos no corpo activo, aos quais se irão juntar outros 22, provenientes da Escola de Bombeiros Estagiários, e que irão ser integrados em meados de 2017. A frota, com cerca de 40 viaturas, serve para os diversos serviços assegurados pela corporação, desde transporte de doentes urgentes; transporte pré-hospitalar; combate a incêndios urbanos e florestais; socorro e desencarceramento; bem como trabalhos de busca e salvamento aquático, constituindo-se como a única entidade no concelho de Soure habilitada para prestar socorro.

“Noventa e seis por cento da nossa actividade, durante todo o ano, não são os incêndios florestais, são todos os outros serviços, nomeadamente, o transporte de doentes, acidentes, emergências pré-hospitalares, derrocadas, limpezas de vias, cortes de árvores, etc.”, refere o comandante João Paulo Contente.

Para além do quartel sede, na praça da República, junto ao edifício dos Paços do Concelho, a AHBVS conta, ainda, com uma 4.º Secção na freguesia da Granja do Ulmeiro. Neste quartel estão destacados cerca de 45 elementos, três ambulâncias de socorro, duas de transporte e três veículos de combate a incêndio, prestando socorro às populações das freguesias de Granja do Ulmeiro, Figueiró do Campo e Alfarelos.

Na sede permanecem 75 elementos, auxiliados por oito ambulâncias de emergência e seis de transporte de doentes, 12 viaturas combate a incêndio, e outras seis para diversos fins como auto-escadas, de desencarceramento, etc.

A prioridade da corporação, que está em consonância com a Direcção, é poder “renovar a frota, nomeadamente, as ambulâncias”, afirma o comandante. “São viaturas que fazem muito serviço e estão desgastadas, ao nível dos equipamento e do motor, que têm muitos quilómetros, e têm de ser renovadas sob pena de deixarem de ter condições para transportar doentes”, explica.

Esse objectivo, que serve para este e para o próximo ano, tem vindo a ser concretizado, pouco a pouco, com a aquisição de novas viaturas, também, de combate a incêndio.

Neste aniversário, a AHBVS pode contar com a bênção de duas novas ambulâncias de transporte de doentes novas, uma delas de transporte múltiplo, e que foram adquiridas na totalidade pela Associação, bem como um auto-tanque, já usado, oferta do Município de Soure.

Em termos de equipamentos, quer na sede como na Secção, têm sido feitas algumas obras de remodelação (como a cozinha do quartel da Granja do Ulmeiro) e adquirido algum equipamento, “de acordo com as necessidades do corpo activo e possibilidades da Associação”, realça o presidente da Direcção, Hélder Carvalho.

Ainda este Verão, com a ajuda da autarquia, foi possível a aquisição de 120 armários individuais novos e com melhores condições, de forma a facilitar o trabalho da corporação.