Coimbra  30 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bombeiros feridos no fogo da Serra da Lousã já tiveram alta hospitalar

12 de Julho 2020 Jornal Campeão: Bombeiros feridos no fogo da Serra da Lousã já tiveram alta hospitalar

Os três bombeiros que sofreram ferimentos durante o combate ao incêndio que deflagrou ontem na Serra da Lousã “já tiveram alta médica”, confirmou fonte da corporação de Miranda do Corvo.

Miguel Baptista, presidente da Câmara de Miranda do Corvo, decretou três dias de luto municipal (a cumprir hoje, segunda e terça-feira) em “memória e reconhecimento” do bombeiro que morreu durante o combate às chamas.

Os três bombeiros feridos – dois da corporação de municipais da Lousã e outro dos voluntários de Miranda do Corvo – tiveram alta hoje de manhã, depois de terem sido encaminhados para os Hospitais da Universidade de Coimbra, disse à agência Lusa o segundo comandante dos Bombeiros de Miranda do Corvo, Rui Bingre.

O fogo terá sido provocado pela trovoada seca que se fez sentir na região, acompanhada por vento forte e com mudanças bruscas de direcção, o que dificultou o trabalho de mais de 220 bombeiros de diversas corporações dos distritos de Leiria e de Coimbra.