Coimbra  26 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bombeiros de Condeixa só terão o presente de aniversário em 2020

30 de Novembro 2018

O futuro e tão ansiado quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Condeixa-a-Nova só será uma realidade, muito provavelmente, em 2020, um presente de aniversário que continua adiado, mas que corporação e Direcção têm bem presente no dia da passagem de mais um aniversário, este sábado (01).

O programa do aniversário é idêntico aos anos anteriores, com o hastear da bandeira, pelas 08h00, seguido pela romagem aos cemitérios e pela missa evocativa, às 09h30.

A recepção das entidades convidadas terá lugar, no quartel, a partir das 10h45, à qual se segue um desfile apeado e temático, com a “apresentação da guarda de honra e de dois equipamentos: fardas de Equipamento de Protecção Individual para Incêndios Florestais e Espaços Naturais e também urbanos”. Na mesma ocasião serão apresentadas e benzidas duas novas ambulâncias, uma de socorro e outro para transporte de doentes, adquiridas na íntegra pela Associação. Além disso, os bombeiros terão, ainda, ao seu dispor uma nova maca de resgate (comprada com fundos angariados por bombeiros) e também três monitores de parâmetros vitais para equipar as ambulâncias.

A sessão solene, com os habituais discursos, condecorações e promoções, está marcada para as 11h30. Na cerimónia serão entregues as medalhas de cinco, 10, 15, 25 e 30 anos, num total de 15 elementos condecorados e a promoção de três elementos a sub-chefes, além de três promoções da Liga dos Bombeiros Portugueses e da Associação.

A própria AHBVC será alvo de duas ofertas para os seus bombeiros, por parte de uma Junta de Freguesia e de uma empresa do concelho.

Um dos momentos altos será, ainda, a tomada de posse de novos elementos para a comissão de serviço de comando, com a entrada de dois sub-chefes e de um adjunto de comando.

O dia será de festa mas o presente de aniversário só chegará, querem crer os responsáveis, em 2020, esperando que nessa altura e por este dia, já se esteja nos preparativos para inaugurar o novo quartel.

O acordo com a Câmara Municipal de Condeixa está firmado, o projecto foi a concurso público e está “na fase dos pareceres finais”, explica o comandante, acrescentando que “na autarquia está toda a documentação necessária para o lançamento do concurso para início da obra”.

As previsões de Fernando Gonçalves e do presidente da Associação Gustavo Santos apontam para o início das obras acontecer “antes do Verão do próximo ano”.

“A empreitada demorará sempre 11 meses e o custo será de dois milhões e meio de euros”, esclarece. Um montante que será, para já, totalmente assumido pela Associação, esperando que “a Câmara Municipal cumpra a sua parte” e querendo, depois, candidatar a obra a fundos comunitários.

Neste momento, “a Associação está estável financeiramente, embora tenha tido investimentos muito grandes”, explica Gustavo Santos, orgulhando-se de “não dever a ninguém”.

O presidente salienta a importância que estes momentos celebrativos têm para os bombeiros e também para a população, lamentando, contudo, “o período crítico que os bombeiros portugueses atravessam”, com “recuos e avanços” por parte do Governo.

Meios humanos “nunca são suficientes”

A Associação conta, actualmente, com cerca de 115 elementos, um número que vai oscilando de ano para ano, mas que se tem mantido acima da centena. Neste momento, e como em anos anteriores, decorre um Escola de Estagiários com 12 elementos que, espera o comandante Fernando Gonçalves, possam vir a integrar o corpo activo no próximo ano.

Quanto aos meios humanos, o comandante afirma que “todos são poucos e fazem falta, embora ninguém seja insubstituível”, contudo, salienta que é necessário “dar condições para que os bombeiros consigam exercer a sua função condignamente”.

“Não é só tê-los cá, porque todos os bombeiros têm de ter as suas fardas e equipamentos em condições e que garantam a sua segurança”, adianta.

No que à frota diz respeito, o líder da corporação reconhece que a prioridade “não é aumentar, mas sim substituir”, contando hoje com 19 ambulâncias para socorro e transporte de doentes e outras 19 viaturas para combate a fogos, desencarceramento, auto-escada, veículos comando e de apoio.

“A nossa visão é a de irmos recuperando o que temos e de ir adquirindo equipamentos mais actuais para os veículos”, remata Fernando Gonçalves.

O responsável lamenta, contudo, o fraco apoio por parte de entidades e população, que embora acarinhe os voluntários, “só se lembra quando há incêndios, acidentes ou tempestades”.

“Nós estamos cá todos os dias, para a pequena ou grande ocorrência, mas não somos reconhecidos na sociedade”, afirma, sublinhando que “estes homens mereciam muito mais respeito, bem como esta instituição, que é sem fins lucrativos, que tem sócios, bombeiros e órgãos sociais, mas vive de subsídios e dos serviços que realiza”.

Actualmente a instituição conta com cerca de 3 000 sócios, mas muitos não pagantes, o que dificulta a missão dos voluntários.

“Não chega vir para as redes sociais, é preciso agir”, alerta o comandante, acrescentando que a principal vantagem de se ser sócio dos bombeiros é saber que a corporação que está a ajudar, lhes serve ou pode vir a servir e que está bem equipada e formada para todas as ocorrências”.

Para se fazer sócio basta ir à página da Internet dos Bombeiros Voluntários de Condeixa e preencher o formulário, pagando uma quota anual de 12 euros, tendo o benefício de usufruir de 20 por cento de desconto nos serviços prestados pelos voluntários.

Bombeiros promovem seminário sobre veículos eléctricos

No próximo dia 08 de Dezembro (sábado), e ainda no âmbito do aniversário, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Condeixa-a-Nova (AHBVC) promove um seminário sobre “Veículos eléctricos: actuar em segurança”, no Cine-Teatro de Condeixa,

O objectivo desta iniciativa, que segundo o comandante da corporação de Condeixa Fernando Gonçalves, “é única na região”, passa por ter testemunhos de várias marcas marcas “que têm veículos eléctricos no mercado automóvel, para que os bombeiros possam intervir em segurança, tanto em casos de desencarceramento, como de incêndios”, revela a AHBVC.

“As marcas vêm explicar como é que os veículos são produzidos e onde estão os pontos de segurança; já as empresas, com os seus técnicos, vêm dizer como é que se intervém nesses pontos”, adiantou o comandante da corporação.

O programa tem início pelas 09h15, com a sessão de abertura a cargo do presidente da AHBVC, Gustavo Santos, e do presidente da Câmara Municipal de Condeixa, Nuno Moita.

Seguem-se, até às 16h00, três painéis temáticos: “A realidade dos autocarros”, “Segurança da Marca” e “Abordagem ao acidente”.

Nestas várias sessões, com pausas para café e almoço, vão participar profissionais de empresas e marcas como: Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC); CarBus; Bomcar; Auto-Industrial; Auto Maran; Caetano Auto; Automóveis do Mondego; bem como entidades: Bombeiros Voluntários de Gondomar e de Condeixa; Automóvel Club de Portugal (ACP) e ENB (Escola Nacional de Bombeiros).

A sessão de encerramento deste seminário, marcada para as 18h00, com a presença do comandante Carlos Luís Tavares, do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra, e do comandante da AHBVC, Fernando Gonçalves.

Simultaneamente irá decorrer uma feira com uma exposição de vários veículos eléctricos, das marcas e também das empresas participantes no seminário.

“Penso que será uma grande feira, até porque está aberta a toda a população”, referiu o responsável, adiantando que o certame será mais direccionado para a exposição e não tanto para venda, mas tal também será possível.

As entradas, quer no seminário como na feira são gratuitas, contudo, para a conferência e devido à limitação de espaço (250 lugares) é necessária inscrição.

“Nós não queremos ganhar dinheiro com este evento, queremos sim mostrar aos nossos bombeiros e aos outros vizinhos como é que se actua em segurança em viaturas como estas”, realçou o comandante.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com