Coimbra  1 de Março de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bombeiros de Coimbra resgatam cinco ovelhas e um javali em risco de afogamento

9 de Fevereiro 2021 Jornal Campeão: Bombeiros de Coimbra resgatam cinco ovelhas e um javali em risco de afogamento

Cinco ovelhas isoladas e em risco de afogamento devido à subida das águas do rio Ceira foram hoje resgatadas pelos Bombeiros Sapadores de Coimbra (BSC), que foram chamados a cerca de 50 ocorrências associadas à chuva e ao vento.

Os ovinos foram removidos com vida de um pasto, em Sobral de Ceira, na freguesia de Ceira, depois de ficaram cercados após aquele afluente do rio Mondego ter transbordado, na sequência de fortes chuvadas ao início da manhã.

Os BSC foram também alertados para a presença de um javali, no sistema de regadio do Mondego, na margem direita.

“O animal estava cansado. Foi salvo e depois libertado”, acrescentou fonte dos Bombeiros.

Durante o dia, os BSC intervieram noutras ocorrências, perto de meia centena, causadas pelas condições atmosféricas adversas que se verificaram durante várias horas, tendo sido apoiados nalguns casos pelos Bombeiros Voluntários de Coimbra.

Uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra disse que os Bombeiros Voluntários de Brasfemes “participaram também” em diversas situações anómalas no concelho, relacionadas com a chuva e o vento, à semelhança do que aconteceu um pouco por todo o distrito, sem que tenham sido registados desastres pessoais.

Em Casais do Campo, já no Baixo Mondego, os Sapadores tiveram de minimizar os efeitos da derrocada de um muro de suporte de terras, junto a uma vivenda, o que acabou por resultar em danos materiais num prédio situado num plano inferior.

Também no bairro municipal da Fonte do Castanheiro, na zona da Arregaça, “um muro de suporte começou a ceder”, o que motivou a intervenção dos bombeiros.

A ribeira dos Fornos, a Norte da cidade de Coimbra, foi outro dos cursos de água cuja corrente galgou as margens, tendo inundado campos cultivados e áreas habitadas.