Coimbra  31 de Maio de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bombeiros de Alvaiázere celebram 80 anos com quem fez a sua história

7 de Março 2020 Jornal Campeão: Bombeiros de Alvaiázere celebram 80 anos com quem fez a sua história

“São 80 anos de história e de trabalho em prol da população, a dignificar o nome do concelho de Alvaiázere e a garantir a segurança dos cidadãos”, afirma Mário Gomes, comandante dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere que, amanhã (08), celebram o seu 80.º aniversário.

Um número redondo e que vai ser comemorado com muito orgulho pelos 82 bombeiros do corpo activo e pelos órgãos sociais da Associação Humanitária.

Assim, amanhã, toda a corporação, dirigentes e população unem-se para celebrar o aniversário, com o tradicional programa de festividades.

Pelas 08h30 realiza-se a formatura geral, seguida do hastear da bandeira com Guarda de Honra, pelas 09h00. A demonstração da capacidade humana e material dos Bombeiros Voluntários será feita através de dois desfiles apeados pelas ruas do centro da vila, às 10h15 e às 11h45. Entre esses horários, às 10h30 celebra-se a missa e, depois, uma romagem ao cemitério em memória dos bombeiros já falecidos.

Pelas 12h30 será feita a recepção às entidades convidadas para a sessão solene de aniversário, a decorrer no quartel, e que irá contar com a presença do comandante nacional, brigadeiro-general Duarte da Costa.

A cerimónia propriamente dita tem início pelas 12h45, durante a qual se realizarão os habituais discursos e cujos pontos altos serão o momento das condecorações e a bênção de uma viatura.

No total serão condecorados cerca de 14 bombeiros, quer pelos 15 anos de serviço, quer com o crachá de ouro e de “mérito e cidadania”. “Um momento de grande emoção para todos e que distingue quem tanto deu e dá a esta causa”, realça Mário Gomes, destacando que os grande homenageados serão os elementos que estão ao serviço há 35 anos ou mais. Serão, ainda, distinguidas duas empresas do concelho e a Câmara Municipal de Alvaiázere “pelos serviços distintos prestados”.

Quanto à nova viatura, será baptizada e depois posta ao serviço, uma ambulância de transporte de doentes não urgentes, adquirida, na totalidade, pela própria Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere (AHBVA).

As comemorações terminam, depois, com um almoço, a partir das 13h50, para todos os convidados.

Recruta difícil de profissionais e voluntários

Com 82 bombeiros no quadro activo (17 deles profissionais), 22 viaturas e um quartel totalmente renovado, uma das maiores dificuldades desta Associação (a par de tantas outras no país) é “a dificuldade em recrutar profissionais e conseguir maior disponibilidade dos voluntários”, lamenta o comandante Mário Gomes, sublinhando que “este é cada vez mais um concelho despovoado” e que muitos só regressam “durante os fins-de-semana”.

O desafio é, por isso, salienta o responsável “continuar a garantir o socorro das populações com os parcos recursos humanos que há”, até porque, cada vez mais, o trabalho dos bombeiros passa pelo transporte de doentes, quer urgentes como não urgentes. Um maior número de operacionais permitiria, por exemplo, “conseguir prestar mais e melhores serviços à população”, esclarece.

Quanto à frota, dividida entre veículos afectos à saúde e de combate a incêndios, a mesma é sempre “insuficiente”, pelo que a sua renovação é “uma prioridade”, ainda que tenha de “haver um equilíbrio nas contas da Associação”.

Já o quartel, renovado recentemente, “reúne excelentes condições para garantir o bem-estar dos bombeiros e para os ajudar a desempenhar bem o seu trabalho”, nota o comandante.

O carinho da população é sentido, diariamente, no contacto com as mesmas, mas nestes dias de festa e de maior abertura à comunidade “é sempre mais especial”, conclui Mário Gomes.