Coimbra  24 de Fevereiro de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bloco de Esquerda apoia população de Soure contra os caulinos

17 de Janeiro 2024 Jornal Campeão: Bloco de Esquerda apoia população de Soure contra os caulinos

Mariana Mortágua e Miguel Cardina, cabeça-de-lista do Bloco de Esquerda (BE) pelo círculo de Coimbra às legislativas, participaram numa sessão pública na Junta de Freguesia de Figueiró do Campo com o Movimento contra a Exploração de Caulinos em Soure Norte.

A autorização concedida à Clariant Ibérica Producción, S. A. para pesquisa e prospecção de depósitos minerais de caulino e minerais associados nas freguesias de Alfarelos, Ega, Figueiró do Campo, Granja do Ulmeiro e Vila Nova de Anços, publicada em Julho passado no Diário da República, alarmou a população de Soure.

“A área de prospecção de 6,18 km2 (618 ha), com vista à exploração de minério a céu aberto, localiza-se próxima de várias localidades e com casas a partir de distâncias tão curtas como 10 metros. Ameaça a contaminação das águas e do ar, pondo em causa o ambiente, a saúde pública e a qualidade de vida das populações, ameaçando igualmente zonas de produção de arroz carolino e o Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho”, refere o BE.

A coordenadora do Bloco de Esquerda afirmou que “toda a política ambiental deste Governo é uma promessa de negócio”, defendendo que é preciso travar esta forma de fazer política.

Mariana Mortágua questionou ainda a forma como esta prospecção teve luz verde contra a vontade do Município e das populações, acrescentando que “Portugal não está à venda”. “Seremos sempre um país pobre se não nos dermos ao respeito e se não soubermos respeitar o nosso povo, o nosso território, o ambiente e quem aqui vive”, considerou.