Coimbra  1 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Birds Are Indie revisitam canções antigas em álbum que marca 10 anos de carreira

16 de Abril 2020 Jornal Campeão: Birds Are Indie revisitam canções antigas em álbum que marca 10 anos de carreira

Os Birds Are Indie lançam, amanhã (17), o álbum “Migrations – The Travel Diaries #1″, o primeiro de dois discos em que revisitam canções antigas ao mesmo tempo que apresentam novas composições.

O 5.º álbum dos Birds Are Indie marca os 10 anos de carreira da banda que começou em 2010, apresentando cinco canções novas e outras cinco da sua discografia anterior, que foram reinterpretadas e regravadas.

“Queríamos fazer um disco que assinalasse os 10 anos da banda e então decidimos fazer uma espécie de viagem metafórica pela discografia que fomos tendo ao longo dos anos”, contou à agência Lusa Ricardo Jerónimo, um dos membros da banda.

Para este processo, a banda decidiu não reeditar as canções antigas, mas antes voltar a elas e regravá-las.

“Em certa medida, são músicas novas”, notou o músico, considerando que para o álbum a banda acabou por “saltitar entre tempos”, numa “migração de ir e voltar”, em que cada uma das canções revisitadas remete para tempos diferentes.

Apesar de haver canções novas e antigas no mesmo disco, os Birds Are Indie quiseram que “o disco funcionasse como um todo”, explicou.

Relativamente à selecção das músicas antigas, a banda de Coimbra quis repescar canções que remetessem para as diferentes fases do grupo.

“Tentámos enquadrar os nossos diversos estilos e evoluções ao longo do tempo e tratá-los com o mesmo tipo de gravação e produção, para dar coerência sonora a tudo”, referiu.

Este novo álbum da banda conimbricense estará disponível nas plataformas digitais habituais a partir de amanhã, sendo possível adquirir o CD através de encomenda junto da editora Lux Records, que assegura o envio por correio.

Posteriormente, deverá ser lançado, em 2021, o “Migrations – The Travel Diaries #2”, em formato vinil, contando também com a revisita de cinco canções antigas e outra cinco músicas novas.

Birds are Indie é constituído por Ricardo Jerónimo, Joana Corker e Henrique Toscano.

O álbum conta com a participação de Jorri (a Jigsaw) e mistura e masterização de João Rui (a Jigsaw).