Coimbra  29 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Biblioteca Municipal de Cantanhede reabriu ao público

6 de Maio 2020 Jornal Campeão: Biblioteca Municipal de Cantanhede reabriu ao público

A Biblioteca de Cantanhede reabriu ao público depois de implementadas medidas necessárias e definidos procedimentos de segurança adequados para o acesso dos utentes.

Encerrada desde meados do mês de Março, no âmbito da declaração de Estado de Emergência, a Biblioteca disponibilizará, mesmo que de forma gradual e condicionada, o acesso seguro a todos os utilizadores.

Na reabertura, Pedro Cardoso, vice-presidente da Câmara, realçou “o trabalho muito positivo e interessante desenvolvido pela Biblioteca Municipal neste tempo que, apesar de encerrada, se manteve “unida à distância” com todos os interessados.

“Nesta fase de desconfinamento, a par da reabertura, continuaremos a privilegiar o contacto não presencial e a ter os maiores cuidados, sem deixar de potenciar o serviço público da Biblioteca Municipal, daí o maior interesse da entrega de livros ao domicílio”, acrescentou o autarca.

Durante a 1.ª fase de desconfinamento este equipamento cultural funcionará de forma bastante condicionada, de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00, encerrando aos fins-de-semana.

O acesso do público e a sua permanência no interior será limitado de forma a salvaguardar a distância física de dois metros entre os utilizadores, privilegiando-se os acessos de curta duração e por motivos estritamente justificados, seguindo as indicações da Direcção-Geral da Saúde.

Os utilizadores terão obrigatoriamente de se apresentar com máscaras pessoais, efectuando à entrada do edifício uma desinfecção das mãos com álcool gel e calçar capas protectoras de calçado descartáveis, fornecidas pelos serviços da autarquia.

Como medida de segurança, apenas os técnicos terão acesso aos documentos expostos nas salas de leitura, que manuseando os livros, CD e DVD escolhidos pelos utentes, com luvas.

Durante esta fase, o serviço de hemeroteca não funcionará, pelo que não serão disponibilizados jornais e revistas, para leitura presencial ou empréstimo domiciliário, igualmente temporariamente interdito estará o acesso ao bar e seus equipamentos. A bebeteca, espaço de leitura destinado a crianças dos nove aos 36 meses, também não funcionará com utilização presencial.

A utilização do espaço Internet estará restringido a duas pessoas em simultâneo, na sala de adultos, e na sala infantil a uma pessoa, por um período máximo de trinta minutos.

Os funcionários que se encontram em contacto directo com o público estarão munidos de máscara, viseira de protecção respiratória e luvas, e todos os postos de atendimento encontram-se apetrechados com uma barreira de protecção acrílica.

Como forma de diminuir a possibilidade de propagação do vírus covid-19, serão igualmente reforçadas as medidas de higienização das áreas frequentadas pelo público, nomeadamente das mesas, cadeiras, teclados e monitores dos computadores de acesso à Internet, maçanetas de portas, casas de banho e zonas de passagem.

Após a devolução dos documentos serão limpos e esterilizados com gel desinfectante e colocados em quarentena por um período mínimo de 10 dias.

O projecto “Levamos a biblioteca perto de si”, iniciado pela Biblioteca Municipal de Cantanhede no início de Abril, irá continuar, à semelhança da iniciativa “A biblioteca em sua casa”, que será uma opção para os utentes que não podem deslocar-se à Biblioteca Municipal.