Coimbra  9 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Biblioteca de Coimbra com mostra bibliográfica de José Régio

1 de Junho 2020 Jornal Campeão: Biblioteca de Coimbra com mostra bibliográfica de José Régio

Coimbra vai assinalar os 50 anos da morte de José Régio, acrescentando várias iniciativas ao programa nacional de evocação do escritor, que decorre até Dezembro.

O programa concelhio inclui conferências, concertos, exposições, visitas guiadas, jantares temáticos e outros eventos.

Assim, a partir de 01 de Junho e até 28 de Agosto, a Câmara Municipal de Coimbra tem patente “José Régio. Menino Só na Estrada Grande”, uma amostra bibliográfica que pode ser visitada de segunda-feira a sábado, na Biblioteca Municipal.

Esta é a primeira de uma série de iniciativas que a Câmara vai organizar até ao final do ano. A efeméride, de âmbito nacional, continua, assim, a percorrer as “terras de afeição” do escritor, natural de Vila do Conde, que estudou em Coimbra e leccionou em Portalegre, resultado de uma parceria entre as Direcções Regionais de Cultura do Norte, do Centro e do Alentejo, os Municípios de Coimbra, Portalegre e de Vila do Conde, o Instituto Politécnico de Portalegre, o Centro de Estudos Regianos e a Universidade de Coimbra.

A passagem de José Régio por Coimbra foi o mote para a cidade acrescentar várias iniciativas ao programa evocativo. Afinal, foi em Coimbra que José Régio se licenciou em Filologia Românica e onde teve também um papel preponderante, enquanto fundador da Revista Presença (fundada em Coimbra, em 1927), para o despoletar do primeiro movimento modernista do Canto e da Guitarra de Coimbra. Foi o poeta que divulgou essa nova orientação do Fado de Coimbra, criada por Edmundo de Bettencourt e Carlos Paredes, e a incluiu também na sua poesia, como é o caso da “Balada de Coimbra”.

Esta mostra bibliográfica, que congrega o espólio documental existente no acervo da Biblioteca Municipal, assim como registos fotográficos, pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 19h30, e ao sábado, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00 (até ao dia 14 de Julho). A partir do dia 15 de Julho estará patente de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h30.