Coimbra  11 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Bem-estar e saúde em destaque na Fundação Beatriz Santos

27 de Novembro 2019

De hoje a sábado (30), especialistas nacionais e estrangeiros vão discutir “Bem-estar, Saúde, Cognição & Desenvolvimento”, num congresso internacional que decorre no auditório da Fundação Beatriz Santos, em Coimbra.

O encontro é destinado a estudantes e profissionais destas áreas, com o propósito de se debaterem os novos modelos e estratégias de intervenção no bem-estar e saúde das pessoas, com particular foco nas com deficiências ou incapacidades.

Trata-se de um evento científico e social, organizado numa parceria entre a unidade de I&D da Universidade de Coimbra/Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Humano e Social (IPCDHS-UC) e a Fundação Beatriz Santos (FBS).

Pretende-se que o evento seja uma referência para os profissionais da área da psicologia e ciências sociais, trazendo “informação e reflexão sobre novos modelos e estratégias de intervenção no bem-estar e na saúde das pessoas, especificamente em momentos fundamentais do seu desenvolvimento como seres humanos e a partir de novas concepções da cognição e da mente humana”, revela a organização.
O programa de três dias inclui um conjunto alargado de actividades diversas, estando previstas palestras, iniciativas culturais, lançamento de dois livros, para além da apresentação de projectos de empreendedorismo social e de formações curtas de “Ayurveda” e de “Curadoria cognitiva organizacional centrada no envelhecimento (Mente enativa).

“Este congresso destaca-se de outros pela sua interdisciplinaridade, com a ousadia de mostrar outras práticas e projectos de empreendedorismo social, sendo um exemplo para os mais novos, e os seus desfaios, mas também para os mais idosos e inevitável envelhecimento”, explicou Eduardo Santos, do IPCDHS-UC.

Um dos pontos altos deste congresso será a apresentação de uma plataforma inovadora, já testada em vários centros de reabilitação, e que “é a única em termos mundiais que visa a reabilitação emocional”, esclareceu Paulo Santos, adiantando que a mesma pretende “proporcionar tratamento a nível emocional, seja em simultâneo com o físico ou no momento certo que se entenda para o fazer”. A ideia é “aperfeiçoar” a plataforma que já existe, tendo como objectivo último a sua aplicação num futuro centro de reabilitação, inclusão e autonomização profissional.

Este projecto, no qual está envolvido o investigador Eduardo Santos e a Fundação Beatriz Santos, em parceria com a Câmara Municipal de Penacova, foi motivo de uma candidatura ao Portugal Inovação Social 2020, com um montante de 600 000 euros, cujos resultados serão conhecidos no início do próximo ano.

O evento disponibiliza aos participantes transporte gratuito durante os três dias, sendo o ponto de encontro na praça da República, pelas 08h15, retornando ao mesmo local pelas 17h30.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com