Coimbra  26 de Maio de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Beira Serra aprova avisos com 1,4 milhões de ajudas ao sector agrícola

5 de Março 2020

Novos avisos de concurso aprovados no âmbito da Estratégia de Desenvolvimento Local da Beira Serra vão disponibilizar 1,4 milhões de euros de ajudas a projectos na área agrícola.

Numa reunião realizada em Tábua, o Grupo de Acção Local (GAL) liderado pela Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra (ADIBER) aprovou seis avisos que proporcionarão ajudas do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020 para “modernização, diversificação e aumento da competitividade” no sector primário.

“Estes apoios são dirigidos a explorações agrícolas, agro-indústrias e pequenos produtores locais, mas também a outros agentes dos concelhos de Arganil, Góis, Oliveira do Hospital e Tábua, cujos projectos de investimento contribuam para a valorização e preservação do potencial local relacionado com as produções locais”, refere o presidente da associação e do órgão de gestão do GAL, Miguel Ventura.

O referido montante de 1,4 milhões é destinado a “melhorar os níveis de rendimentos dos agricultores e das empresas do setor, aumentar o emprego e reforçar a capacidade de retenção de população, sobretudo a mais jovem, conferindo uma maior atractividade dos territórios rurais”.

Os seis avisos estarão abertos durante sete semanas, até 30 de Abril.

Em parceria com os municípios da Beira Serra, a ADIBER promoverá diversas acções de divulgação e informação junto dos potenciais promotores de candidaturas.

No quadro da sua estratégia, o GAL Beira Serra já aprovou cerca de 1,2 milhões de euros de ajudas, “cujos projectos implicarão um investimento superior a 2,4 milhões de euros, perspectivando-se a criação de cerca de 50 novos postos de trabalho”, segundo a ADIBER.

Face aos trabalhos preparatórios do próximo período de programação dos fundos comunitários, Portugal 2030, o órgão presidido por Miguel Ventura reitera “a importância do reforço do Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) – LEADER no futuro, em que a proximidade e ligação aos territórios rurais seja uma prioridade” na aplicação das ajudas.

Ao longo de 30 anos, esta metodologia “tem demonstrado resultados muito positivos para o desenvolvimento do mundo rural, já que as respostas inovadoras e os impactos associados à abordagem LEADER e à gestão pelas parcerias locais têm promovido a valorização” das regiões.

Tais respostas promoveram igualmente a “transformação do potencial das regiões em produtos que hoje são importantes marcas territoriais que contribuem para a criação de riqueza e emprego e para aumentar a eficiência na utilização das ajudas comunitárias”, sublinha.

A ADIBER, com sede em Góis, “reitera o seu empenho na concretização da Estratégia de Desenvolvimento Local, de modo a que a Beira Serra possa efectivamente apresentar-se, cada vez mais, como um Território + IN: Inovador, Inteligente, Inclusivo, Inimitável e Institucional”.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com