Coimbra  20 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Banco Alimentar realiza primeira campanha de recolha de 2019

24 de Maio 2019

O Banco Alimentar Contra a Fome volta a apelar à solidariedade dos portugueses, este fim-de-semana, para que participem na recolhe de bens alimentares, a decorrer nos super e hipermercados de todo o país.

Esta é a 20.ª edição da campanha de recolha, cujo mote é “É preciso mais para que falte ainda menos”.

Como habitualmente, a iniciativa decorre, fisicamente, durante o sábado e domingo, mas estende-se até 02 de Junho via online, em http://www.alimenteestaideia.net, podendo as doações serem, ainda, feitas através de vales disponíveis em supermercados e bombas de gasolina (BP e CEPSA). Para tal, basta pedir um vale com um código de barras específico para poder doar produtos ao Banco Alimentar.

O objectivo é, como sempre, “mobilizar toda a sociedade para ajudar quem mais precisa, procurando minorar as carências alimentares de centenas de milhares de portugueses”, contando para isso com a ajudar de cerca de 42 000 voluntários, que irão marcar presença em 1995 estabelecimentos comerciais de todo o país.

Através da ‘hasthag’ “#FAZESFALTA”, os voluntários são convidados a partilhar nas redes sociais com os seus amigos imagens da sua participação na campanha, incentivando ao voluntariado.

“As circunstâncias em que muitos portugueses vivem hoje no que toca a carências alimentares é uma realidade crítica a que não podemos ficar indiferentes. É, aliás, em momentos como o que vivemos que a solidariedade cumpre ainda mais decisivamente o seu papel, sendo sentida de forma particular neta quadra do ano tão especial”, considera a presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, Isabel Jonet.

De acordo com a responsável, “tem ocorrido um crescimento do número de pedidos directos, mas também dos pedidos das instituições, o que, associado a menos doações da indústria agro-alimentar, requer um reforço do papel das campanhas para que os Bancos Alimentares possam manter a efectividade da sua resposta tradicional”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com