Coimbra  16 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Autárquicas: Teresa Anjinho faz de Cristas em Coimbra?

7 de Dezembro 2016 Jornal Campeão: Autárquicas: Teresa Anjinho faz de Cristas em Coimbra?

Teresa Anjinho, anterior secretária de Estado da Justiça, está nas cogitações do CDS/PP para candidata à presidência da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), disseram fontes partidárias ao “Campeão”.

A eventual candidatura significa que a ex-governante, que foi deputada à AR, fará em Coimbra o papel de Assunção Cristas em relação à Câmara Municipal de Lisboa (CML).

Filha do falecido empresário Jorge Anjinho, que foi timoneiro da Académica/OAF, a jurista é mulher de um deputado do PSD à Assembleia da República.

A hipotética candidatura ameaça desassossegar as bases social-democratas, que não deixam de pôr os olhos no facto de a líder do CDS/PP se perfilar para a liderança do Município lisboeta enquanto o PSD continua sem potencial sucessor(a) para Fernando Medina (Lisboa) e Manuel Machado (Coimbra).

Pedro Passos Coelho, presidente do Partido Social-Democrata, insiste em só no primeiro trimestre de 2017 indigitar os candidatos do partido a líderes dos municípios que são capitais de distritos.

Listas (conjuntas) do PSD e do CDS conquistaram a presidência da CMC em 1979, 1985, 2001, 2005 e 2009, tendo cabido seis triunfos ao PS. Em 2013, o CDS/PP concorreu autonomamente, sem haver conseguido eleger Luís Providência para a vereação, e o PSD aliou-se ao Partido Popular Monárquico (PPM) e ao Movimento Partido da Terra (MPT).