Coimbra  22 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Autárquicas: PS acena com “a força tranquila da mudança”

22 de Setembro 2017

Manuel Machado, aspirante à recondução como presidente da Câmara de Coimbra, definiu, hoje, a sua (re)candidatura como “a força tranquila da mudança”, vincando o propósito de acrescentar ao que foi feito.
O economista, a completar quarto mandato como líder do Município, usava da palavra por ocasião da divulgação do programa eleitoral do PS.
“A valorização de Coimbra”, assente numa “visão humanista da cidade, continua a ser o desígnio do Partido Socialista”, disse o autarca.
O economista aludiu a um Município, outrora “endividado e sem crédito”, que pode orgulhar-se de desfrutar de uma Câmara com capacidade de investimento.
“Como esteve o Município, e com a postura austeritária” do anterior primeiro-ministro, era impossível a principal autarquia de Coimbra investir, alegou o cabeça de lista do PS.
Ao referir-se à candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura / 2027, Manuel Machado prometeu que, se for reeleito, ela pautar-se-á pelo fomento da inovação e da criatividade.
A criação de emprego assente na qualificação, na inovação e na tecnologia, e a ligação da actividade cultural ao turismo e às indústrias criativas são outros dos aspectos do programa eleitoral do PS/Coimbra.
Um programa de policiamento de proximidade, envolvendo a Polícia Municipal (PM), serviços de acção social e instituições particulares de solidariedade social (IPSS’s), é outra das promessas do economista.
Segundo ele, o “Coimbra segura” visa, nomeadamente, dar resposta “às pessoas que sentem necessidade de uma vigilância mais próxima em determinados períodos do dia”, cabendo à PM assegurar a respectiva presença nos trajectos que aqueles munícipes identificarem como mais críticos ou até visitá-las diariamente.
Quanto ao desiderato de dotar Coimbra de um aeroporto, Manuel Machado afirmou que não se se trata de uma promessa de ocasião.
Antes da divulgação do programa eleitoral do PS/Coimbra, o economista visitou o Mercado Municipal de D. Pedro, onde anunciou que a Câmara irá proceder à sua refuncionalização e revitalização através do investimento de 720 000 euros (montante enquadrado no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano).
Em nome da Comissão de honra da (re)candidatura de Manuel Machado, Rui Alarcão, ex-reitor da Universidade de Coimbra, afirmou augurar a recondução do edil para quinto mandato como líder do Município.
A ministra Maria Manuel Leitão Marques, Fernando Regateiro (presidente do CHUC), Agostinho Almeida Santos (outrora timoneiro dos antigos Hospitais da Universidade) e Jorge Conde (líder do Instituto Politécnico de Coimbra) são alguns dos membros da sobredita Comissão de honra.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com