Coimbra  8 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Autárquicas: Presidente da Câmara da Figueira da Foz lidera lista do PS

21 de Março 2021 Jornal Campeão: Autárquicas: Presidente da Câmara da Figueira da Foz lidera lista do PS

O presidente da Câmara da Figueira da Foz, Carlos Monteiro, disse hoje que vai ser o candidato do PS às próximas eleições autárquicas, tendo como grandes desígnios a captação de novos investimentos e fixação de mais população.

“A Figueira da Foz tem hoje condições ímpares para poder fazê-lo. É uma cidade de excepção, com óptimas condições para as famílias educarem os seus filhos, excelentes serviços de saúde e um óptimo ambiente”, salientou o autarca, que, em Abril de 2019, ascendeu à presidência daquele Município após a saída do então presidente João Ataíde das Neves (PS) para o Governo.

Em declarações à agência Lusa, Carlos Monteiro salientou que dará continuidade ao trabalho de vários mandatos, em que, numa primeira fase, o enfoque foi para “o saneamento das contas Municipais”, e depois para a melhoria de um conjunto de infraestruturas públicas, destacando a remodelação de todo o parque escolar, em unidades de saúde, e em edifícios e infraestruturas municipais, como a rede viária.

O candidato frisou também que a autarquia está a alargar a zona industrial em mais 19,5 hectares para responder à procura das empresas interessadas em se instalarem no concelho e a concluir projetos nas áreas dos transportes e das acessibilidades, destacando as intervenções no porto comercial e de pesca da cidade.

“Aqui chegados, podemos dinamizar um desígnio importante para todas as cidades, sem contar com Lisboa e Porto, que é fixar pessoas”, disse Carlos Monteiro, que viu o seu nome ser aprovado no sábado pela Comissão Política Concelhia do PS.

Salientando que o Município está a preparar “grandes incentivos” para a retoma pós-pandemia da covid-19, o candidato socialista considera que estão a ser criadas as condições para as “pessoas se fixarem na Figueira da Foz e os empresários desenvolverem as suas atividades económicas”.

A Figueira da Foz “tem já um conjunto de equipamentos que contribuem para a dinamização turística, mas o Município está a finalizar uma intervenção no Cabedelo (na margem esquerda do rio Mondego), que tem muitas marcas internacionais interessadas em se fixarem” naquele local, reforçou.

Além dos eventos de marca da cidade – futebol e râguebi de praia – Carlos Monteiro quer apostar também no apoio e estímulo à realização de congressos científicos e económicos na Figueira da Foz, “que conta com equipamentos marcantes como o Centro de Artes e Espectáculos e o Casino”.

Licenciado em Biologia, o cabeça de lista do PS à presidência da Câmara da Figueira da Foz tem 58 anos e antes de integrar o Executivo municipal, em 2017, era professor e dirigente escolar.

Para as eleições autárquicas do próximo Outono, estão já anunciadas as candidaturas de Pedro Machado, de 54 anos, presidente da Turismo do Centro, na lista do PSD, e do repetente Miguel Mattos Chaves, investigador e docente universitário, pelo CDS-PP. Pedro Santana Lopes também perspectiva candidatar-se.