Coimbra  24 de Julho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Autarcas da Região de Coimbra apoiam Cantanhede que contesta exploração de caulinos

23 de Abril 2021 Jornal Campeão: Autarcas da Região de Coimbra apoiam Cantanhede que contesta exploração de caulinos

O Conselho Intermunicipal da CIM de Coimbra apoia a moção do Município de Cantanhede contra a atribuição de direitos de pesquisa de depósitos minerais de caulino no concelho, rejeitando a implementação do projecto.

As intervenções requeridas pela firma Silver Sand — Areias e Argilas situam-se em três freguesias do Município de Cantanhede e tiveram parecer favorável da Direcção-Geral de Energia e Geologia.

A presidente do Município de Cantanhede, Helena Teodósio, referiu que, tendo em consideração a extrema proximidade com a Nascente dos Olhos da Fervença, onde é captada água para abastecimento de todo o concelho e parte de municípios limítrofes, esta questão é “extremamente preocupante e trava todo este processo que coloca em causa a sustentabilidade ambiental”.

“Consideramos que a possibilidade de licenciamento de uma exploração de caulino para a área em causa acarretará consequências negativas devastadoras, do ponto de vista ambiental, social e cultural, hidrológicas, de segurança, económicas (turísticas) irreversíveis, desvirtuando por completo os desígnios de desenvolvimento sustentável preconizados para o concelho de Cantanhede”, afirmou Helena Teodósio.

Neste sentido, os autarcas da CIM Região de Coimbra pronunciam-se contra este processo que afetará a região no seu todo e irão solicitar uma audiência ao ministro do Ambiente e da Transição Energética para apresentar esta posição.