Coimbra  18 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Associação Vasco Berardo quer inspirar uma nova geração de artistas

19 de Dezembro 2018

As obras do artista Vasco Berardo estão por toda a cidade de Coimbra, fazem parte da sua história e memória visual, mas poucos sabem que os murais exteriores da igreja de S. José ou os incontornáveis azulejos na Cruz de Celas lhe pertencem.

É pelo desconhecimento da vasta obra e para dar a outros a oportunidade de se mostrarem que foi constituída a Associação Vasco Berardo, impulsionada pela família e amigos, e apresentada oficialmente no passado sábado (15), no Centro Cultural de D. Dinis, em Coimbra.

A Associação nasceu como uma vontade de homenagear o homem e o artista (falecido em Julho de 2017), mas “agora é já muito mais do que isso”, explicou ao “Campeão” Buga Lopes, vice-presidente desta nova entidade, cujo timoneiro é o filho mais velho do artista, Nuno Berardo.

“Preservar e engrandecer a memória e a obra do Vasco” é o principal objectivo da nova Associação, de cariz cultural, que pretende, também, “contribuir para a divulgação do nome de Coimbra”.

“Que a cidade não se esqueça do artista que foi Vasco Berardo, um amante das artes”, afirmou o responsável, adiantando que a Associação tem, ainda, como propósito “apoiar artistas e jovens criadores da cidade, proporcionando-lhes oportunidades, inspiradas por aquilo que Berardo fez”.

A ideia é “trazer à vida a obra de Vasco Berardo”, com diversas iniciativas, nas mais variadas áreas artísticas.

A Associação tem já uma programação intensa para o ano de 2019, a começar com um concurso de belas artes em nome do artista (a ser lançado no início do ano); seguem-se palestras em escolas secundárias da cidade sobre a vida e obra de Vasco Berardo e o seu legado cultural em Coimbra; um circuito turístico, que conta já com o apoio da Câmara Municipal e de outras entidades, focado nas suas obras públicas; um debate que pretende reflectir sobre “O estado das artes em Coimbra”; um livro fotobiográfico com textos de autor, testemunhos, histórias, etc.; também o espectáculo “Das Mãos de Vasco Berardo”, a ter lugar em Junho, no Convento de São Francisco e que incluirá diversas formas de arte, desde a música à dança, o teatro ou a vídeo-projecção; haverá, ainda, uma exposição retrospectiva da vida e obra do artista, no âmbito das comemorações do Dia da Cidade (04 de Julho); para além de um documentário que será constituído por testemunhos, relatos e entrevistas à família, amigos e artistas que conviveram com Vasco Berardo. Outro dos projectos ambiciosos para 2019 prende-se com a restauração e reabilitação das obras urbanas de Vasco Berardo, como alguns murais e estátuas patentes na cidade e a carecer, urgentemente, de intervenção. Este projecto será realizado em articulação com diversas entidades, estando, ainda, previsto o lançamento de uma campanha de angariação de fundos para o restauro dessas mesmas obras.

A longo prazo, a Associação quer, ainda, criar uma ‘Casa-Museu’ dedicada ao homem e ao artista, onde possa desenvolver as suas actividades, organizar exposições, promover a informação e a educação no campo das Artes Plásticas e Performativas.

A Associação está aberta à inscrição de novos sócios, que poderão fazê-lo a qualquer altura e com um custo de 20 euros por ano.

Família de Vasco Berardo

Família de Vasco Berardo

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com