Coimbra  8 de Abril de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Associação dos Cuidados Continuados acusa Governo de despreocupação

26 de Março 2020

A Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) mostrou a sua indignação com aquilo que considera ser uma falta de preocupação, por parte do Governo, com as Unidades de Cuidados Continuados Integrados (UCCI).

Segundo a Associação, são estas Unidades “que, logo a seguir aos hospitais,” estão “na linha da frente nos cuidados de saúde e que têm doentes/utentes em situação de muito maior cuidado e fragilidade do que nos Lares de idosos”.

Alertam, ainda, para os Lares de Pessoas com deficiência mental e multideficiência que, em alguns casos, têm, também, pessoas em situação “muito mais delicada do que nos lares de idosos”.

José Bourdain, presidente da direcção da ANCC, afirma mesmo que “nem o Governo em o Sr. Presidente da República se importam com o Lares de Idosos e, muito menos, com os Cuidados Continuados e as Pessoas com Deficiência. Se verdadeiramente se preocupassem teriam feito alguma coisa para mudar o estado das coisas, isto é, dar as condições necessárias às Instituições que prestam estes serviços. E nunca se preocuparam em dar”.

A ANCC garante que as Instituições “têm estado sempre, e continuam a estar entregues a si próprias e a muitos passos à frente das decisões do Governo. Praticamente passadas duas semanas desta crise se iniciar e de se encerrar escolas e outras estruturas, ainda não chegou qualquer material de protecção individual às Organizações, para que estas possam lidar melhor com este problema”

Na nota assinada por José Bourdain, consideram “chocante que, no meio de uma crise com esta dimensão, os nossos responsáveis políticos se preocupem em manter-se populares em vez de trabalharem para resolver os problemas”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com