Coimbra  24 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Associação Columbófila de Cantanhede enviou contentor solidário para Cabo Verde

11 de Junho 2021 Jornal Campeão: Associação Columbófila de Cantanhede enviou contentor solidário para Cabo Verde

A Direcção Geral da Associação de Solidariedade Social Sociedade Columbófila Cantanhedense enviou, recentemente, mais um contentor de 20 pés para Cabo Verde.

A ajuda destina-se à Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV), para apoiar as famílias mais carenciadas daquela Associação e, sobretudo, contribuir com algum material para o Centro de Formação que estão a erguer na cidade do Tarrafal.

“Num gesto digno de grande alcance solidário, Alcides Simões, da SESIS, sediada na cidade da Praia em Cabo Verde, através da parceria estabelecida já há alguns anos com a Sociedade Columbófila, tornou possível o envio de mais este contentor solidário, que certamente muito contribuirá para atenuar algumas carências das famílias da Praia”, disse a Columbófila de Cantanhede.

Segundo a Associação, contribuíram para esta iniciativa “um conjunto muito significativo de famílias” que doaram roupa, calçado, brinquedos, livros, manuais escolares, entre outros.

Esta acção contou, também, com o apoio do Grupo Mosqueteiros, sedeado na cidade de Cantanhede, que disponibilizou, entre outros bens, produtos de higiene pessoal, portas, tintas, janelas.

A iniciativa contou ainda com o apoio logístico do Município de Cantanhede e “sem esta colaboração haveria grandes dificuldades à concretização deste projecto de cooperação solidária”, referiu a Associação.

A direcção da Prodesco – Processo Desenvolvimento Covões – doou mobiliário de quarto – camas, mesinhas de cabeceira, colchoes e placas –, o que vai permitir “apetrechar as residências de algumas famílias, muito carenciadas destes bens”.

Lurdes Silva, presidente da Direcção Geral, que estava acompanhada pela secretária da Mesa da Assembleia Geral, professora Aidil Machado, após cumpridas as formalidades exigidas pelo transitário, agradeceu a presença de Luís Teixeira, responsável logístico pela base dos Mosqueteiros, que esteve presente no fecho do contentor, assim como o contributo que Alcides Simões e todas as entidades e pessoas deram ao projecto. Lurdes Silva referiu ainda a generosidade do Município de Cantanhede que, desde o envio do primeiro contentor, tem garantido o enquadramento logístico da respectiva carga, permitindo, dessa forma, continuar a acalentar o “sonho” solidário que a Associação está a desenvolver em Cabo Verde, continuando a permitir esta cooperação.