Coimbra  24 de Junho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Arquivo Digital de Coimbra já conta com cerca de 207 mil imagens

8 de Junho 2024 Jornal Campeão: Arquivo Digital de Coimbra já conta com cerca de 207 mil imagens

A plataforma Arquivo Digital de Coimbra já possui cerca de 207 mil imagens, estando os munícipes aptos a aceder, deste total, a mais de 90 mil, revelou o chefe da Divisão do Arquivo Geral Municipal.

As 207 mil imagens compõem o total de arquivos, “porque a plataforma divide-se da seguinte forma: há documentos que estão disponíveis aos serviços da Câmara, para eles fazerem a gestão do seu trabalho”, e outros que estão disponíveis para o público, “muito por causa da protecção de dados”, afirmou Daniel de Melo na apresentação do Arquivo Digital, que decorreu na tarde de sexta-feira. O objectivo é alcançar, até ao final de 2030, um milhão e 500 mil imagens, completou.

Neste momento, encontram-se disponíveis na plataforma “a colecção completa” do jornal Observador e d`O Conimbricense, o Notícias de Coimbra (embora não na íntegra), além de “estar em curso” a revista Ilustração Portuguesa, esclareceu Daniel de Melo, ao longo da apresentação.

Há ainda actas (até 1976), forais de Coimbra (século XVI), livros de receita e de despesa (1557 até 1883), registo de enterramentos (1855 a 1917), entre outros, havendo ainda mais material para ser acrescentado ao Arquivo.

O projecto prevê ainda uma parceira com o Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra, no âmbito da qual, “dentro de dias, será celebrado um contrato interadministrativo entre o Município de Coimbra e a Universidade, no sentido de os estudantes, os investigadores” deste Departamento, poderem ter “acesso a informação disponível” pela autarquia.

“Nesta área temos mais de três quilómetros de documentação, com os projectos que foram feitos por arquitectos de renome […] estamos a trabalhar a informação de forma a identificar os engenheiros e arquitectos responsáveis por estas obras”, sendo que, “em contrapartida, vamos ter acesso aos acervos documentais do Departamento de Arquitectura”, completou Daniel de Melo.

Outro dos objectivos é “implementar, junto da comunidade, um projecto para a colecta de acervos documentais de entidades da região de Coimbra”, completou.

Além disso, “através da integração da Rede Portuguesa de Arquivos”, o Município apresenta “trabalhos já bastante avançados para integrar esta rede, que vai permitir que o acervo de Coimbra esteja ligado à Europa, entenda-se, ao mundo, através do Portal Europeu de Arquivos”, complementou.

Na apresentação, o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, José Manuel Silva, afirmou que está é uma “abertura digital” da autarquia “a quem tenha curiosidade, a quem queira fazer uma investigação, procurar cultura, informação e enriquecer-se por essa via”. “Finalmente a Câmara Municipal de Coimbra tem uma plataforma digital de acesso ao público, onde estará disponível uma enorme série de documentos”, declarou.