Coimbra  6 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Arganil: Prisão efectiva para quarteto que tentou matar

26 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Arganil: Prisão efectiva para quarteto que tentou matar

Quatro arguidos foram condenados, hoje, pelo Tribunal de Coimbra, a prisão efectiva (mais de cinco anos) por terem tentado matar um homem, em Côja, Arganil.

A condenação, segundo a Agência Lusa, decorre da repetição da audiência de julgamento, ordenada pelo Tribunal da Relação de Coimbra.

O julgamento prende-se com duas tentativas dos arguidos no sentido de assassinarem um homem, em Abril de 2009, após um processo de separação entre o ofendido e a esposa, irmã de uma mulher agora condenada.

O queixoso, que começou por ser alvo de fogo posto, veio a sofrer agressões.

Face à forma de actuação do grupo, a presidente de um colectivo de juízes considerou que os factos praticados destoam da teoria da defesa, que alegava mera intenção de “pregar um susto” à vítima.

Os arguidos, três homens e uma mulher, foram condenados a indemnizar o ofendido com um montante de 40 000 euros.