Coimbra  26 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

António Sousa Ribeiro sucede a Boaventura Sousa Santos no CES

12 de Abril 2019

O professor catedrático e investigador António Sousa Ribeiro é o novo director do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra.

O recém-eleito era já coordenador da Direcção do CES desde 2013, docente no Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (Estudos Germanísticos) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) e investigador do Centro praticamente desde a sua fundação, em 1978.

Ao longo do seu percurso, António Sousa Ribeiro exerceu diversos cargos na FLUC, tais como presidente do Conselho Científico (2000-2002) e director do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (2009-2011), e no CES, onde foi director da revista “Crítica de Ciências Sociais” (1991-2008) e presidente do Conselho Científico (2003-2007), sendo actualmente co-coordenador dos programas de doutoramento CES/UC em “Discursos: Cultura, História e Sociedade” e em “Pós-Colonialismos e Cidadania Global”.

António Sousa Ribeiro tem investigado e publicado extensamente sobre temas de literatura de expressão alemã, literatura comparada, teoria literária, estudos culturais e estudos pós-coloniais, estudos sobre o Modernismo e temas de violência, cultura e identidades. Tem-se, igualmente, dedicado à tradução literária, tendo-lhe sido atribuído em 2017 o Grande Prémio de Tradução Literária APT/SPA.

O novo director sucede a Boaventura de Sousa Santos, professor catedrático jubilado da Faculdade de Economia da UC, que desempenhou funções de director desde a criação do CES, “período ao longo do qual o Centro se converteu na maior instituição em Portugal, na área das ciências sociais, artes e humanidades, granjeando um reconhecimento internacional ímpar e acolhendo uma comunidade pujante constituída por 800 pessoas (investigadores/as, investigadores/as em pós-doutoramento, doutorandos/as, investigadores/as juniores e funcionários/as)”, revela o Centro.

Do CES fazem, hoje, parte investigadores/as reconhecidos/as internacionalmente como altamente qualificados, que contam com um orçamento anual próximo dos seis milhões de euros. O Centro tem em curso 90 projectos de investigação financiados por entidades nacionais e internacionais, nos quais são produzidas mais de 650 publicações anuais, organizados mais de 400 eventos por ano, que movimentam mais de 17 000 pessoas.

Actualmente, estão activos 13 programas de doutoramento em que o CES é instituição científica parceira, com mais de 450 estudantes de doutoramento, estando já consolidado através de uma estrutura administrativa de serviços, que incluem uma Biblioteca de referência (com 30 funcionários/as), e uma taxa de dependência financeira directa da FCT de apenas 23 por cento (financiamento programático).

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com