Coimbra  30 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Anadia reforça medidas de prevenção nos cemitérios em Dia de Todos os Santos

21 de Outubro 2020 Jornal Campeão: Anadia reforça medidas de prevenção nos cemitérios em Dia de Todos os Santos

O Município de Anadia vai reforçar as medidas de prevenção nos cemitérios municipais, tendo em conta a celebração dos dias de Todos os Santos e dos Finados, altura em que se regista um maior afluxo de pessoas aos cemitérios. Nesse sentido, e tendo em conta o aumento do número de casos que se tem registado nas últimas semanas em Portugal, a autarquia anunciou um conjunto de medidas com vista ao reforço da segurança de quem visita os cemitérios, por forma a evitar a propagação da SARS-CoV-2.

Assim, os cemitérios municipais da cidade de Anadia e os que se encontram sob a tutela das Juntas de Freguesia vão manter-se abertos, ao abrigo de um conjunto de medidas e recomendações enunciadas em comunicado da Presidente da Câmara Municipal de Anadia, em articulação com a Autoridade de Saúde Local.

No caso dos dois cemitérios municipais da cidade, a lotação dos mesmos está limitada a 400 pessoas (Anadia) e 100 (Monte Crasto). As pessoas terão ainda de observar um conjunto de medidas, nomeadamente o uso obrigatório de máscara ou viseira; manter o distanciamento físico, no mínimo de dois metros; e higienizar as mãos à entrada.

Será ainda proibida a partilha de equipamentos e materiais de limpeza. A circulação no interior dos cemitérios deverá ser realizada sempre pela direita, evitando, dentro do possível, o cruzamento de pessoas que prejudique a garantia do cumprimento do distanciamento físico. Serão também proibidos ajuntamentos com mais de cinco pessoas.

Recorde-se ainda que a Diocese de Aveiro decidiu que, nos dias de Todos os Santos e dos Finados, não haverá celebração de missas nos cemitérios.

O Município de Anadia, reconhecendo o significado da celebração do Dia de Todos os Santos e do Dia dos Fiéis Defuntos/Finados, apela a todos que dispersem as visitas por vários dias, a fim de evitar grandes concentrações de pessoas.

A autarquia apela ainda à sensibilidade e à melhor colaboração de todas as pessoas e, em especial dos mais idosos, no sentido da adopção de um comportamento cívico e responsável em cumprimento das medidas estipuladas e devidamente enquadradas no Estado de Calamidade, entretanto, decretado pelo Governo.