Coimbra  15 de Agosto de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Anadia recebe prova de reabertura da Taça de Portugal em ciclismo

4 de Julho 2020 Jornal Campeão: Anadia recebe prova de reabertura da Taça de Portugal em ciclismo

É já amanhã (05) que o concelho de Anadia recebe a reabertura da Taça de Portugal em ciclismo. Trata-se de um contrarrelógio individual, numa extensão de 22 quilómetros, reservado a corredores das categorias de “Elite” e “Sub23 masculinos”.

Cerca de uma centena de corredores vão participar, em representação de 23 equipas continentais, de clube e atletas portugueses pertencentes a equipas estrangeiras da disciplina de estrada.

Destaque para a presença de Rui Costa, campeão do mundo em 2010, bem como dos gémeos Ivo Oliveira e Rui Oliveira, da equipa UAE Team Emirates. Ainda garantidas estão as presenças de dois ex-vencedores da Volta a Portugal: Gustavo Veloso (2014 e 2015) e Ricardo Mestre (2011), ambos da W52 FCPorto.

Realce, também, para quatro nomes de peso da equipa Efapel: Sérgio Paulinho (Medalha de Prata nos Jogos Olímpicos 2004); Tiago Machado, campeão nacional de contrarrelógio em 2009; António Carvalho, 3.º a época passada nos nacionais de contrarrelógio; e Jóni Brandão, 2.º classificado da Volta a Portugal 2019.

Pedro Andrade (Hagens Berman Axeon) será o primeiro corredor a sair para a estrada, às 15h00, com Rui Costa a fechar a lista de partida, às 16h32.

O percurso tem início no Centro de Alto Rendimento (CAR) de Anadia, em Sangalhos, atravessando algumas localidades do concelho, nomeadamente Vale de Estêvão, Mogofores, São Lourenço do Bairro, Paredes do Bairro, Ancas, Amoreira da Gândara, Fogueira e termina na Rua da Fonte Nova em Sangalhos.

Como a maioria dos eventos que se realizam por esta altura, decorrentes da Covid-19, o contrarrelógio reforçará as medidas de segurança. Os adeptos não terão acesso às zonas reservadas de partida e de chegada e os “amantes” da modalidade devem evitar grandes aglomerados, devendo distribuir-se ao longo do percurso e respeitar assim as normas de segurança e o manual de desconfinamento do adepto de ciclismo.

A prova é organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo, em colaboração com a Associação de Ciclismo da Beira Litoral.