Coimbra  16 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Anadia: Incendiária sujeita a internamento

6 de Fevereiro 2018

Uma mulher, acusada de ter ateado um fogo em Anadia, foi declarada, hoje, inimputável e perigosa, pelo Tribunal de Aveiro.
A arguida, que negou ter agido intencionalmente, vai ser alvo de medida de segurança de internamento em unidade hospitalar do foro psiquiátrico.
Segundo a peça acusatória, da autoria do Ministério Público (MP), a arguida verteu uma porção de álcool sobre ervas e acendeu um fósforo, tendo dado origem a um incêndio que consumiu 100 metros quadrados de vegetação rasteira.
De acordo com o MP, as labaredas “poder-se- iam ter propagado a uma extensa mancha florestal”, adjacente ao local onde as chamas tiveram início, bem como a “inúmeras habitações”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com