Coimbra  23 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Anadia distingue melhores alunos com Prémio Escolar Rodrigues Lapa

12 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Anadia distingue melhores alunos com Prémio Escolar Rodrigues Lapa

A Câmara Municipal de Anadia aprovou, na sua última reunião de Executivo, os princípios orientadores da 25.ª edição do Prémio Escolar Professor Doutor Rodrigues Lapa que premeia os melhores alunos nos diversos níveis de ensino.

A cerimónia de entrega dos prémios está agendada para o próximo dia 16 de Dezembro, no Cineteatro Anadia. Contudo, face ao evoluir da pandemia a mesma só se realizará caso estejam reunidas todas as condições de segurança.

Este Prémio foi criado, em 1996, pela Comissão das Comemorações do Centenário do Nascimento do Professor Doutor Manuel Rodrigues Lapa, com o duplo objectivo de homenagear o filólogo anadiense e de distinguir os alunos das escolas de Anadia com melhor aproveitamento escolar no final do 2.º e do 3.º ciclos do ensino básico, do ensino secundário e do ensino profissional.

Até ao ano de 2011/2012, o Prémio era atribuído ao melhor aluno de cada um dos níveis de ensino, havendo, assim, um premiado por nível de ensino e sendo os restantes candidatos ao prémio galardoados com menções honrosas. No entanto, o Município entendeu dever compensar a excelência do trabalho e dedicação de mais alunos, assim como reconhecer que as variáveis subjacentes aos processos de ensino e aprendizagem e respectiva avaliação em diferentes contextos, são factores de relatividade que tornam complexa a tarefa de comparar resultados entre as diferentes escolas participantes.

Nesse sentido passou a distinguir três alunos por escola e por ciclo de ensino a saber: Escola Básica de Vilarinho do Bairro (seis alunos), Escola Básica e Secundária de Anadia (12), Salesianos de Mogofores (seis), Colégio Nossa Senhora da Assunção – Famalicão (nove) e Escola Profissional de Anadia (três), num total de 36 alunos. O melhor aluno de cada escalão de ensino receberá um prémio pecuniário no valor de 250 euros e um diploma, e os restantes dois menções honrosas.