Coimbra  19 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

“Anadia Capital do Espumante” com cartaz para toda a família

18 de Junho 2019

Anadia abre portas à 16.ª edição de “Anadia Capital do Espumante – Feira da Vinha e do Vinho” que começa no próximo sábado (22) e se prolonga até dia 30 de Junho.

O certame tem como objectivo “promover e divulgar o que de melhor se faz no sector vitivinícola, bem como nos diferentes sectores da economia local”, afirma a autarquia.

Este ano o recinto conta com cerca de 100 expositores, num evento em que o Município de Anadia volta a apostar forte na animação, com um cartaz eclético que pretende chegar a todos os públicos.

Pelo palco “Anadia Capital do Espumante” vão passar nomes como Xutos e Pontapés, José Cid, Amor Electro, Áurea, David Carreira, Mayra Andrade, Os Quatro e Meia, Meninos da Sacristia, Luís Portugal e Xana Toc Toc.

Após os concertos a festa continua ao longo da noite com a actuação de dj’s de renome nacional e internacional, nomeadamente Sara Santini, Ride, Nuno Piolho, ALG, The Boatman & the Disco Lizard, Christian M, Tiede, André Cardoso e Moniz.

Já no palco “Sentir Anadia”, localizado na zona das tasquinhas, actuarão as associações e colectividades do concelho. Por ali irão passar a Banda de Música de Anadia, Tuna da Universidade Sénior da Curia, Rancho Folclórico CSCR Paredes do Bairro, Adabem, Rancho Folclórico de Óis do Bairro, Academia de Artes, Escolas do Município de Anadia, Grupo Coral da Bairrada, LiveBands, Incantus – Grupo de Tocares e Cantares de Avelãs de Cima, Cross Company, Grupo Folclórico da Pedralva e Grupo de Cantares de Famalicão.

No último dia do certame, 30 de Junho, a tarde é dedicada à família e principalmente aos mais pequenos com a actuação da cantora Xana Toc Toc.

A noite será preenchida com o desfile das Marchas Populares de Anadia, com concentração marcada para o Pavilhão Municipal, seguindo pelas principais artérias da cidade até ao recinto da feira, onde actuarão as cinco Marchas, designadamente a de Vilarinho do Bairro, São Lourenço do Bairro, Avelãs Cheia de Graça (Avelãs de Caminho), Paróquia de Óis do Bairro e de Samel.

As entradas diárias têm o valor de dois euros, enquanto o bilhete geral fica por  12 euros. Existe ainda desconto de 50 por cento para portadores do cartão Anadia Jovem e Anadia Sénior.

Os ingressos podem ser adquiridos na tesouraria da Câmara Municipal de Anadia, Biblioteca Municipal, Museu do Vinho Bairrada, Piscinas Municipais e, ainda, na sede da Rota da Bairrada, na Curia.

O último dia terá entradas gratuitas.

 

 Produtores Bairrada com espaço privilegiado

À semelhança das edições anteriores, os produtores/ engarrafadores vão ter um espaço privilegiado no recinto.

Concentrados numa tenda gigante terão a oportunidade de promover os seus produtos, nomeadamente no que aos espumantes diz respeito.

Os visitantes são convidados a comprar um flûte, por dois euros, que lhe dá acesso a seis provas. Depois pelo valor simbólico de 50 cêntimos pode adquirir senhas para mais provas.

Nesta tenda estarão presentes a Quinta da Laboreira, Aliança Vinhos de Portugal, Anadiagro, Ataíde Semedo, Caves Arcos do Rei, Caves da Montanha, Caves Messias, Caves São Domingos, Caves São João, Guilherme Santos Andrade, Quinta da Mata Fidalga e, também, Quinta do Pingão.

Ainda nesta zona estão previstos dois ‘workshops’, o primeiro no dia 27 de Junho, pelas 19h00, sobre a “Diversificação de Actividades nas Explorações Agrícolas”, pelo GAL Aveiro Sul. O segundo ‘workshop’ será no dia 28 de Junho, também pelas 19h00, sobre o ‘software’ VINUS, pela empresa RIS 2048.

A parte gastronómica não ficou esquecida pela organização que, à semelhança de anos anteriores, preparou um espaço próprio onde os milhares de visitantes esperados podem degustar as principais iguarias da região.

No recinto da festa esperam-se três restaurantes e 10 tasquinhas exploradas por associações e colectividades do concelho.

 

Certame com carimbo de “EcoEvento” e “Sê-lo verde 2019”

“Sê-lo Verde 2019” é uma das novidades para esta edição, uma vez que a candidatura apresentada pelo Município foi aprovada pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Transição Energética.

Esta aprovação vai implicar, como seria de esperar, a introdução de algumas regras de âmbito ambiental, nomeadamente os copos utilizados no recinto vão ser reutilizáveis, uma vez que a candidatura estipula a não utilização de plástico descartável.

O que já não é novidade, mas se volta a verificar este ano, é a classificação de “EcoEvento”, na sequência de um protocolo com a ERSUC, com o objectivo “de incentivar a redução das quantidades de resíduos produzidos durante a feira, a separação de embalagens, e a recolha selectiva e encaminhamento para reciclagem das quantidades recolhidas”, conforma afirma o Município.

A ERSUC irá ainda premiar o desempenho ambiental, em função das quantidades entregues.

Neste âmbito, o executivo camarário deliberou que a receita resultante da recolha dos resíduos será atribuída à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com