Coimbra  24 de Julho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Anadia assinala Dia Mundial do Ambiente com inauguração de espaços

2 de Junho 2021 Jornal Campeão: Anadia assinala Dia Mundial do Ambiente com inauguração de espaços

O Município de Anadia vai assinalar o Dia Mundial do Ambiente, que se comemora a 5 de Junho, com a inauguração de três espaços nas freguesias de Avelãs de Cima, Vila Nova de Monsarros e Sangalhos.

Os espaços a inaugurar, que constituem um investimento superior a 250 mil euros, “têm como denominador comum a mais-valia ambiental e ainda o facto de resultarem de propostas vencedoras do Orçamento Participativo, designadamente o Centro Interpretativo do Ciclo da Água e da Floresta, em Canelas, Avelãs de Cima; o Moinho de Água integrado no Parque Ecológico de Vila Nova de Monsarros; e o Miradouro de Sangalhos”, disse a Câmara Municipal de Anadia, informando que o périplo começará em Canelas, pelas 14h30, seguindo-se Vila Nova de Monsarros, pelas 16h30, e terminará em Sangalhos, às 18h00.

Segundo o Município, o Centro Interpretativo do Ciclo da Água e da Floresta, localizado na antiga Escola Primária de Anadia, pretende apelar à consciencialização e valorização destes recursos endógenos, pela importância que têm, pelo valor que representam e pelas funções que desempenham. A autarquia sublinhou que “a água e a floresta são duas das maiores riquezas do concelho de Anadia”.

O Parque Ecológico de Vila Nova de Monsarros é um espaço, junto ao rio da Serra, bem perto do núcleo urbano da povoação, que conta com diversas infra-estruturas de recreio e de lazer. Aproveitando a intervenção, a autarquia anadiense complementou aquele espaço com a construção de um Moinho de Água museológico, um dos projectos vencedores do Orçamento Participativo.

O miradouro de Sangalhos está integrado no Ecoparque, junto ao Complexo Desportivo, e tem como “pano de fundo” as serras do Caramulo e do Bussaco. O objectivo é que os visitantes possam usufruir da paisagem que se pode observar no local, constituindo-se assim como mais um atractivo para a freguesia de Sangalhos e para o concelho de Anadia.

De referir que face às restrições existentes, devido à pandemia da covid-19, não foi possível, à semelhança do que aconteceu no ano passado, realizar a habitual Feira do Ambiente.