Coimbra  14 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Aliviar os sintomas da osteoporose com o equipamento da magnetoterapia

27 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Aliviar os sintomas da osteoporose com o equipamento da magnetoterapia

A osteoporose é uma doença esquelética em que ocorre diminuição da densidade da massa óssea. Assim, os ossos tornam-se mais porosos, aumenta o número e tamanho das cavidades ou células que existem no seu interior, ficam mais frágeis, resistem mais aos choques e se partem mais facilmente.

As mulheres têm osteoporose com mais frequência por várias razões: seu pico de massa óssea é geralmente menor do que o dos homens e com a menopausa a perda óssea acelera (osteoporose pós-menopausa).

A osteoporose tem muitas outras causas como por exemplo: o alcoolismo, medicamentos (glicocorticóides, tratamento hormonal para o tratamento do cancro da mama e da próstata), doenças inflamatórias reumáticas, endócrinas, doenças hepáticas, insuficiência renal, entre outras causas.

Osteoporose é chamada epidemia silenciosa

A osteoporose é chamada epidemia silenciosa porque não há sintomas até que a perda óssea seja significativa o suficiente para o desenvolvimento de fracturas. Esta doença afecta principalmente mulheres após a menopausa, embora também possa fazê-lo antes ou afectar homens, adolescentes e até crianças.

Embora seja uma doença silenciosa, actualmente os reumatologistas possuem uma ampla gama de ferramentas para o diagnóstico precoce e, assim, adaptar o tratamento, seja para prevenir a perda óssea ou para combater a osteoporose. Por isso, hoje é recomendado a magnetoterapia como um tratamento comum para a osteoporose em centros de reabilitação e fisioterapia, que se baseia na aplicação de campos magnéticos. Utiliza-se para o tratamento de todas as doenças relacionadas com músculos e ossos, pois acelera a recuperação de lesões, fraturas e algumas patologias como a artrite, osteoporose, lombalgias, entre outras, de uma forma NÃO invasiva e INDOLOR.

Esta técnica trabalha com campos electromagnéticos pulsados de alta e baixa frequência que estimulam biologicamente as células do corpo humano, restaurando o correto potencial eléctrico intra/extracelular.

A magnetoterapia também actua nos tecidos ósseos, favorecendo os processos de reabilitação

A magnetoterapia também actua nos tecidos ósseos, linfáticos e musculares, acelerando em todos os casos o trofismo e favorecendo os processos de reabilitação.

Esta terapia é eficaz contra a dor devido à combinação de vários efeitos biológicos que produz nos tecidos do corpo humano. Entre eles, destacam-se:

  • Diminuição do inchaço (efeito anti-inflamatório);
  • Relaxamento muscular;
  • Melhoria da circulação (efeito vasodilatador).

Em termos gerais, para ver os resultados da magnetoterapia, é necessário realizar sessões diárias de pelo menos duas horas em ciclos de 45-60 dias.

Os ciclos podem ser repetidos várias vezes por ano em casos de dor crónica ou doenças degenerativas, como fibromialgia, osteoartrite ou osteoporose.

Ao escolher um equipamento de magnetoterapia é muito importante que tenha o apoio de bons especialistas dispostos a dar-lhe aconselhamento sempre que precisar.

Você pode encontrar os estudos que suportam a eficácia da magnetoterapia, visitando o website: https://www.magnetoterapiaem.com/pt/estudios.php

Os programas terapêuticos presentes nos dispositivos de magnetoterapia resultam de uma pesquisa bibliográfica aprofundada por parte da Divisão Médica da I-tech. A consulta do portal PubMed, entre as mais autorizadas da literatura médica, levou à análise de milhares de estudos clínicos. Os parâmetros terapêuticos a partir dos quais a nossa gama de produtos foi concebida foram retirados destes artigos.

De seguida apresentamos-lhe os estudos clínicos usados como referência:

  • Bassett C.A.L., Pawluk R.J., Pilla A.A., Augmentation of bone repair by inductively coupled electromagnetic fields. Science 184, 575-577 – 1974;
  • Bassett C.A.L., Biomedical implications of pulsing electromagnetic fields. Surgical Rounds (Jan) 22-31 – 1983;
  • Bassett C.A.L., Valdes M.G., Hernandez E., Modification of fracture repair with selected pulsing electromagnetic fields. 1982;
  • Goodman R., Bassett C.A.L., Henderson A.S., Pulsing electromagnetic fields induce cellular transcription. Science 220, 1283-1285 (1983);
  • Barker A.T., Lunt M.J., The effects of pulsed magnetic fields of the type used in the stimulation of bone fracture. Clin. Phys. Physiol. Meas. 4,1-27;
  • Bassett C.A.L., Pulsing electromagnetic fields: a new approach to surgical problems. Metabolic Surgery, Edition Henry Buchwald&Richard L.Varcho pp.255-307. Grune and Stratton, New York – 1978;
  • Pienkowski D., Pollack S.R., Brighton C.T., Griffith N.J., Low-power electromagnetic stimulation of osteotomized rabbit fibulae. A randomized, blinded study. J Bone Joint Surg Am. 1994 76: 489-501;
  • Basset C.A.,Mitchell S.N., Gaston S.R. (1981), Treatment of ununited tibial diaphyseal fractures with pulsing electromagnetic fields. J Bone Joint Surg Am. 1981; 63:511-523;
  • Mc Leod K.J.,Rubin C.T.,The effect of low-frequency electrical fields on osteogenesis. J Bone Joint Surg Am. 1992; 74:920-929;
  • Bassett C.A., Mitchell S.N., Schink M.M., Treatment of therapeutically resistant non – unions with bone grafts and pulsing electromagnetic fields. J Bone Joint Surg Am. 1982;64:1214-1220;
  • C.T. Rubin, K.J. McLeod, L.E. Lanyon (1989). Prevention of osteoporosis by pulsed electromagnetic fields. J Bone Joint Surg Am. 1989;71:411-417;
  • Brighton C.T., Pollack S.R., Treatment of recalcitrant non – union with a capacitively coupled electrical field. A preliminary report. J Bone Joint Surg Am. 1985;67:577-585.

Também é importante realçar que você pode adquirir o kit nocturno LaMagneto X + osteomat, por apenas 990 euros.

O Kit nocturno LaMagneto X + Osteomat: é um Kit de tratamento noturno com magnetoterapia incluindo o colchão para tratamento noturno Osteomat.

Conta com um grande ecrã a cores e dois canais de saída completamente independentes para realizar duas terapias diferentes ao mesmo tempo.

A sua função especial de bloqueio de programa com palavra-passe e contador de terapias, o terapeuta tem o controlo total sobre o tratamento que os seus pacientes continuam em casa.

LaMagneto X é um dispositivo médico certificado CE1936 para magnetoterapia de campo eletromagnético pulsado (CEMP). A magnetoterapia é totalmente configurável e tem uma multiplicidade de acessórios disponíveis.