Coimbra  21 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Águas do Centro Litoral investe 1,5 milhões em obras de saneamento na Lousã

15 de Outubro 2020 Jornal Campeão: Águas do Centro Litoral investe 1,5 milhões em obras de saneamento na Lousã

A empresa Águas do Centro Litoral (AdCL) vai investir cerca de 1,5 milhões de euros na execução do Sistema Elevatório e Emissários de Serpins/Rodas (Lote A) e Casal de Ermio (Lote B), na Lousã.

A consignação da empreitada decorreu no Salão Nobre da autarquia da Lousã, decorreu hoje, tendo o presidente da Câmara Municipal, Luís Antunes, afirmado tratar-se de um momento “muito importante para o concelho”.

“Este é o culminar de um processo que tem algum tempo e que era um objectivo também do Município. Uma luta que tem sido travada para a realização destes trabalhos e que se inserem na estratégia de desenvolvimento que temos vindo a implementar no concelho”, destacou o autarca, acrescentando que esta empreitada permite, assim, “reforçar a qualidade de vida, numa área que é essencial, e cujo investimento vai permitir igualmente rentabilizar o que já foi feito pela própria Câmara Municipal nas redes de saneamento”.

Os lousanenses abrangidos por estas obras poderão, então, contar com um “serviço mais optimizado”, que irá permitir “o encaminhamento e tratamento destes efluentes de forma adequada e rentabilizando infra-estruturas já existentes”, notou.

“É entendimento da Águas do Centro Litoral criar respostas para o território, tentando gerir infra-estruturas que já existem e adicionando um conjunto de outras”, afirmou Alexandre Tavares, presidente da AdCL.

Trata-se de um investimento que “de uma forma genérica, pretende que os sistemas, do ponto de vista dos seus processos, se tornem mais eficientes e fiáveis, algo que é essencial nos dias de hoje”, realçou.

As intervenções, que terão a duração de um ano, incluem, assim, “a construção de uma rede de saneamento, desde 7,4 quilómetros de emissários e estações elevatórias que vão drenar o esgoto produzido para a ETAR de Serpins-Rodas (Lote A) e para a ETAR de Semide-Poisão (Lote B)”.

As obras vão, assim, permitir “servir as povoações de Serpins (parte), Tojal, Relvas, Outeiro, Cova do Barro e Moinhos, Casal de Ermio, Vale Sancho, Ceira dos Vales, Vale Escuro e Ponte e Videira”.

As duas empreitadas vêm dar resposta “às necessidades de resolução dos problemas de drenagem e tratamento das águas residuais existentes no município da Lousã, nomeadamente nas localidades de Casal de Ermio e Serpins/ Rodas, indo ao encontro do 6.º ODS (Objectivos de Desenvolvimento Sustentável) que visa «garantir a disponibilidade e a gestão sustentável da água potável e do saneamento para todos»”.

A empreitada será consignada à MARSILOP, Sociedade de Empreitadas, S.A., sendo que a fiscalização dos trabalhos está a cargo da empresa RIOBOCO, Serviços Gerais, Engenharia e Manutenção, S.A..