Coimbra  6 de Agosto de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Águas de Coimbra: Ferreira Nunes deixa de ser administrador

29 de Dezembro 2017 Jornal Campeão: Águas de Coimbra: Ferreira Nunes deixa de ser administrador

José Maria Ferreira Nunes renunciou, hoje, ao cargo de membro do Conselho de Administração da empresa municipal Águas de Coimbra (AC), soube o “Campeão”.

A renúncia coincidiu com o fim do mandato daquele órgão.

Fontes da empresa disseram ao “Campeão” que o gestor invocou “razões pessoais” e do foro da sua “vida profissional privada”.

“Em tudo o que fiz, durante o período de exercício do cargo (…), procurei contribuir com o meu humilde saber, experiência e competência, convicto de estar a dar o meu melhor para valorizar o desempenho da empresa municipal”, indicou José Maria.

Ferreira Nunes, antigo vice-presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, é associado, pelo director de comunicação do FC do Porto, Francisco J. Marques, ao caso de “e-mails” do Benfica, hipoteticamente relacionado com corrupção no plano desportivo.

Sob o título “Sabotador apanhado”, o Jornal ‘O Jogo’ noticiou, há quatro meses, que José Maria, a coberto de anonimato, “tentou virar os árbitros contra o Conselho de Arbitragem” do futebol.

Ferreira Nunes tinha sido nomeado, este ano, pelo presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, para gestor da AC.

O vereador Paulo Leitão (PSD) requereu que lhe fosse facultada cópia do certificado de habilitações do vogal executivo do Conselho de Administração daquela sociedade municipal.

Como o outrora gestor não é licenciado, Paulo Leitão requereu, ainda, que a Câmara deliberasse ao abrigo de um parecer da Divisão de Apoio Jurídico para não restarem dúvidas se há necessidade daquele grau académico para a nomeação.