Coimbra  17 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Águas de Coimbra: Ferreira Nunes deixa de ser administrador

29 de Dezembro 2017

José Maria Ferreira Nunes renunciou, hoje, ao cargo de membro do Conselho de Administração da empresa municipal Águas de Coimbra (AC), soube o “Campeão”.

A renúncia coincidiu com o fim do mandato daquele órgão.

Fontes da empresa disseram ao “Campeão” que o gestor invocou “razões pessoais” e do foro da sua “vida profissional privada”.

“Em tudo o que fiz, durante o período de exercício do cargo (…), procurei contribuir com o meu humilde saber, experiência e competência, convicto de estar a dar o meu melhor para valorizar o desempenho da empresa municipal”, indicou José Maria.

Ferreira Nunes, antigo vice-presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, é associado, pelo director de comunicação do FC do Porto, Francisco J. Marques, ao caso de “e-mails” do Benfica, hipoteticamente relacionado com corrupção no plano desportivo.

Sob o título “Sabotador apanhado”, o Jornal ‘O Jogo’ noticiou, há quatro meses, que José Maria, a coberto de anonimato, “tentou virar os árbitros contra o Conselho de Arbitragem” do futebol.

Ferreira Nunes tinha sido nomeado, este ano, pelo presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, para gestor da AC.

O vereador Paulo Leitão (PSD) requereu que lhe fosse facultada cópia do certificado de habilitações do vogal executivo do Conselho de Administração daquela sociedade municipal.

Como o outrora gestor não é licenciado, Paulo Leitão requereu, ainda, que a Câmara deliberasse ao abrigo de um parecer da Divisão de Apoio Jurídico para não restarem dúvidas se há necessidade daquele grau académico para a nomeação.

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com