Coimbra  17 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Águas de Coimbra apresenta garrafa exclusiva e reutilizável

22 de Março 2018

Nina Figueiredo, ‘Marinho’, Maria João Campos, Carvalho dos Santos, Filipa Bessa e Miguel Correia

Hoje, dia em que se celebra a água, um bem que é cada vez mais escasso e precioso, a Águas de Coimbra (AC) apresentou a sua nova campanha de sensibilização, que conta com uma nova garrafa exclusiva, inovadora e reutilizável.

A sensibilização ambiental –  quer através de uma utilização racional e eficiente da água, quer com a protecção do meio ambiente, e em particular, dos recursos hídricos – é o objectivo da empresa conimbricense na celebração da efeméride este ano.

A AC, a par dos “padrinhos” desta iniciativa, apresentou uma nova campanha de incentivo ao consumo de água “Beba Água de Qualidade – Beba Águas de Coimbra”, cuja peça essencial é uma garrafa de plástico PET (mais resistente), com 0,5 litros, reutilizável, segura e cujo design é exclusivo e nacional (pela empresa Logoplaste Inovation Lab), inspirado nas antigas ânforas (objectos de cerâmica ou terracota que serviam para o transporte de líquidos).

“Uma medida que possibilita a portabilidade da água da torneira, dispensando o recurso à água engarrafada, para além de contribuir para reduzir o desperdício de plástico no ambiente”, salientou, em comunicado, a empresa.

Segundo Nina Figueiredo, do Gabinete de Comunicação e Imagem da empresa, esta campanha pretende transmitir quatro grandes mensagens: “a excelente qualidade de água para consumo humano disponibilizada pela Águas de Coimbra, atestadas pelas cerca de 550 análises mensais”; “a apresentação de uma solução para portabilidade da água, sendo uma alternativa económica e ambiental”; “o combate ao plástico, promovendo comportamentos responsáveis e uma educação para a sustentabilidade”; e, também, “promover um estilo de vida saudável, associando a campanha ao desporto e à saúde”.

“Esta campanha faz todo o sentido em Coimbra, onde, segundo os últimos dados, 90 por cento das pessoas assumem que têm plena confiança na água da torneira”, explicou Nina Figueiredo.

O presidente do Conselho de Administração da Águas de Coimbra, Carvalho dos Santos, salientou: “cumprimos diariamente a nossa missão de fornecimento e drenagem da água à população de Coimbra; produzimos trabalho de excelência, recorrendo a boas práticas e pretendemos o desenvolvimento sustentável da empresa, quer no âmbito económico, como social e ambiental”.

Nesta apresentação oficial estiveram presentes os “padrinhos” da campanha: a nutricionista Maria João Campos, o capitão da Académica de Coimbra “Marinho”, e a bióloga Filipa Bessa, que se congratularam com a iniciativa da Águas de Coimbra.

A garrafa ficará à venda, pelo valor simbólico de um euro, no Museu da Água e também no balcão da Águas de Coimbra, na Loja do Cidadão. Este artigo será, ainda, distribuído pela comunidade escolar, a atletas de clubes (a AC é parceira dos EUSA Games) e aos funcionários municipais, “porque esta é uma iniciativa municipal e os colaboradores são os seus principais embaixadores”, adiantou Nina Figueiredo.

Garrafa Águas Coimbra

 

Guerra” declarada ao plástico

Além da sua utilização desenfreada, a água tem outro “inimigo”: o plástico. Durante a manhã de hoje, a empresa esteve já a promover esta campanha junto dos cidadãos, através de uma oferta institucional e um folheto didáctico, junto do balcão de atendimento da empresa, na Loja do Cidadão de Coimbra.

À tarde, pelas 18h00, será inaugurada uma exposição comemorativa da efeméride e do 11.º aniversário do Museu da Água, no Parque de Dr. Manuel Braga, que tem como tema “Microplásticos nos nossos rios, mares e oceanos”, da autora da bióloga e investigadora do MARE da UC, Filipa Bessa (que acaba de ganhar um prémio mundial de fotografia, precisamente no âmbito deste tema).

A mostra estará patente neste espaço até 06 de Maio e pretende “consciencializar o público para a dimensão do problema ambiental causado pela poluição dos ecossistemas aquáticos”.

Na apresentação desta campanha, Filipa Bessa afirmou que, hoje, “os recursos hídricos enfrentam muitos desafios e o acesso à água ainda não é uma realidade em todo o mundo”.

A investigadora do MARE (Centro de Ciências do Mar e do Ambiente) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) revelou que existem 663 milhões de pessoas no mundo sem acesso a água potável. “Outro dos desafios é a poluição, que ameaça os sistemas aquáticos e a sua fauna e flora”, explicou Filipa Bessa, acrescentando que o consumo exacerbado de plástico “acaba por se perder no ambiente e permanecer por muitos anos” e dá como exemplo o consumo de garrafas de plásticos, por ano, em Portugal: 721 milhões.

“É necessário reutilizar e repensar o uso do plástico e esta iniciativa da Águas de Coimbra é o caminho que devemos seguir, porque só temos um planeta”, notou.

Ainda no âmbito das comemorações do Dia Mundial, amanhã (23), o Museu da Água promove um seminário sob o tema desta exposição comemorativa – “Microplásticos nos nossos rios, mares e oceanos: o que podemos fazer?”, entre as 16h00 e as 18h00, com a presença da bióloga.

Exposição Filipa Bessa

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com