Coimbra  5 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Água: Em estudo a extensão da AC a três concelhos

5 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Água: Em estudo a extensão da AC a três concelhos

A extensão da sociedade Águas de Coimbra (AC) aos concelhos de Penacova, Mealhada e Condeixa-a- Nova está a ser objecto de estudo, soube, hoje, o “Campeão”.

À análise, a cargo de uma empresa, não é alheio o estímulo do XXI Governo aos municípios directamente intervenientes na gestão do fornecimento de água ao domicílio no sentido de se agregarem para “obtenção de escala”.

Uma das hipóteses em cima da mesa contempla a transformação da AC, pertencente à Câmara de Coimbra, em empresa intermunicipal.

Interpelado pelo “Campeão”, há três anos, o presidente da principal autarquia conimbricense, Manuel Machado, admitiu que a AC possa vir a assumir novo protagonismo no âmbito da distribuição de água na sub-região.

Segundo o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, é possível que no âmbito da CIM -Região de Coimbra (19 concelhos) venha a haver quatro sociedades intermunicipais.

Na apologia da agregação de quem precisa de “ganhar escala” para o abastecimento em baixa, o governante fez notar que uma nova politica de gestão de sistemas é indispensável para obtenção de fundos provenientes da União Europeia.

Mira, Montemor-o- Velho e Soure assinaram, anteontem, um protocolo para realização conjunta de estudos com vista à concretização de uma política de gestão dos sistemas de fornecimento de água e de saneamento de águas residuais. A medida, que visa a constituição de uma empresa intermunicipal (M2S), acautela o futuro da água pública.

O processo tendente à criação da M2S havia sido encetado em conjunto com as câmaras de Cantanhede (proprietária de uma empresa municipal), Mealhada e Condeixa-a- Nova.

O anterior timoneiro da AC, Pedro Coimbra (deputado à Assembleia da República), é líder distrital do PS/Coimbra e presidente da Assembleia Municipal de Penacova.