Coimbra  16 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Água da torneira continuará a ser segura

22 de Março 2020 Jornal Campeão: Água da torneira continuará a ser segura

Numa altura de grandes preocupações, a Águas de Coimbra alia-se à importância de passar uma mensagem de segurança e dar garantias aos seus clientes de que “a água da torneira continuará a ser disponibilizada de forma segura a todos os consumidores do município de Coimbra”.

Sendo que presta um serviço público essencial, a empresa municipal alerta os consumidores de que não é necessário adquirir água engarrafada, “uma vez que não existe qualquer evidência de que o vírus que provoca a Covid-19 seja transmitido pela água potável”.

Segundo uma comunicação emitida pela Comissão Especializada da Qualidade da Água (de que a Águas de Coimbra faz parte), da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), em Portugal, “o indicador de água segura situa-se na ordem dos 99 por cento, podendo garantir-se à população que pode beber água da torneira com confiança”, adianta.

Assim, desde sempre mas porque a conjuntura que vivemos o exige ainda mais, a Águas de Coimbra “põe em prática medidas rigorosas de higiene nas estações de tratamento de água”, nomeadamente, “nos processos existentes de tratamento e desinfecção da água, incluindo o uso de cloro, que são eficazes na remoção de vírus”.

De acordo com a empresa, as entidades gestoras, como a Águas de Coimbra, estão em contacto com as respectivas autoridades de Saúde para “monitorizar, entender o vírus e o seu impacto na saúde humana, à medida que o conhecimento se vai desenvolvendo”, realça.

Na empresa existe um ‘Plano de Contingência’ preparado, bem como um plano de comunicação para emergências relativas à qualidade da água para consumo humano, sendo que esses protocolos estão permanentemente a ser actualizados de acordo com as informações mais actuais que estão disponíveis.

“Mesmo num cenário de serviços mínimos a operar, esclarece-se que, na sua maioria, as estações de tratamento de água são seguras, têm energia de reserva e requerem poucos funcionários para operá-las; e algumas estações de tratamento de água podem ser operadas remotamente”, reforça.