Coimbra  25 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Afluência às urnas até às 12h00 rondou os 21%

26 de Setembro 2021 Jornal Campeão: Afluência às urnas até às 12h00 rondou os 21%

Dados da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (MAI) referem que até às 12h00 houve uma afluência às urnas de 20,94% dos eleitores, ou seja 1,86 milhões de pessoas.

Comparado com as últimas eleições autárquicas nacionais, que se realizaram a 1 de Outubro de 2017, a afluência às urnas baixou, uma vez que há quatro anos, até à mesma hora, tinham votado 22% dos eleitores.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) considera que “as eleições estão a correr muito bem”, tendo sido identificadas “duas situações” em que os boletins de voto para duas Assembleias de Freguesia, em Águeda e Idanha-a-Nova, continham erros e por isso essas eleições foram adiadas para daqui a duas semanas.

Em causa está o boletim de voto para uma assembleia de freguesia em Águeda em que uma das forças candidatas foi substituída por outra “que nem era concorrente”, assim como outro boletim de voto em Idanha-a-Nova em que falta uma candidatura.

Assim, hoje, os eleitores de Idanha-a-Nova que pertencem à freguesia Monfortinho e Salvaterra do Extremo só irão votar para a Câmara e Assembleia Municipal de Idanha-a-Nova, deixando para daqui a 14 dias a eleição da assembleia de freguesia, explicou o porta-voz da CNE.

Em Águeda, os eleitores da União das Freguesias de Trofa, Segadães e Lamas do Vouga só deverão escolher os elementos da Assembleia de Freguesia dentro de duas semanas.