Coimbra  19 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Advogados: Duas candidaturas ao Conselho Regional de Coimbra

20 de Setembro 2019

António Sá Gonçalves e José Trincão Marques

 

Depois da candidatura de António Sá Gonçalves à liderança do Conselho Regional de Coimbra (CRC) da Ordem dos Advogados, hoje é a vez de José Trincão Marques entrar nesta disputa eleitoral.

Pelas 18h00, no auditório do CRC, o candidato a Bastonário da Ordem dos Advogados, o conimbrense Luís Menezes Leitão, apresenta a candidatura de José Trincão Marques.

Sob o lema “Acção, Proximidade, Renovação”, a candidatura assume-se como diferenciadora do modelo actualmente em curso na Direcção do Conselho Regional, que congrega cerca de 3 500 advogados.

A equipa candidata tem a seguinte composição: José Trincão Marques (Torres Novas), Verónica Mendes (Coimbra), João Carlos Lages (Oliveira de Frades), Maria João Brigeiro (Aveiro), Anabela Estanqueiro (Tomar), Vítor Lavajo (Guarda), Patrícia Pascoal (Leiria), Ana Paula Valentim (Coimbra), João Antunes dos Santos (Pombal), Cristina Gregório (Castelo Branco) e José Pinto Coelho (Figueira da Foz).

Os advogados vão ser chamados a eleições, em Novembro, para escolher o Bastonário e os órgãos nacionais e regionais, com o sufrágio para o Conselho Regional de Coimbra a ser disputado por duas candidaturas, as anunciadas até este momento.

Em Coimbra existe a tradição de as listas concorrentes à presidência do Conselho Regional serem equidistantes, isto é, não estarem alinhadas com nenhuma candidatura nacional, a Bastonário dos Advogados.

À semelhança de actos eleitorais anteriores, assim aconteceu com Jacob Simões, actual presidente que cessa funções, e com a já apresentada candidatura à liderança do Conselho Regional de Coimbra protagonizada pelo advogado António Sá Gonçalves, com acções de campanha já agendadas.

António Sá Gonçalves

António Sá Gonçalves, actual vice-presidente do Conselho Regional de Coimbra da OA concorre à liderança sob o lema “Mais Ordem: Ouvir, Pensar, Agir” e declarada, desde logo, que a sua lista “é independente de qualquer candidatura a Bastonário e ao Conselho Geral da Ordem dos Advogados”.

Ao justificar a sua candidatura, António Sá Gonçalves declara que “o advogado não pode dissociar-se da sua Ordem e deve estar sempre na linha da frente na defesa dos fins e do prestígio da sua Ordem, devendo comprometer-se e estar disponível para o exercício de qualquer cargo na organização interna”.

Este candidato entende que “a advocacia é, antes de tudo, uma atitude de cidadania” e acrescenta que “deve ser uma verdadeira vocação e uma forma de estar na vida, uma vez que, o advogado não deve reduzir a sua dedicação apenas à forma como exerce a sua actividade mas, sobretudo, ao empenho que coloca em cada uma das causas e tarefas que lhe são confiadas”.

Sobre a composição da candidatura, António Sá Gonçalves refere que integra “colegas com experiência como dirigentes e outros novos com pouca ou até nenhuma experiência”, assim como a representação de todas as actuais sedes de Comarca da área de jurisdição do Conselho Regional de Coimbra (CRC).

Da lista fazem parte os advogados João Amado (Coimbra), Teresa Letras (Coimbra), Manuel Leite da Silva (Aveiro), Sílvia Carreira (Leiria), Maria de Fátima Duro (Tomar), Abranches Pinto (Coimbra), Elisabete Monteiro (Coimbra), Emanuel Simões (Viseu), Luísa Peneda Cardoso (Guarda) e Sandra Gil Saraiva (Castelo Branco).

As linhas programáticas passam pelo “reforço da estabilidade financeira do CRC, da formação contínua, do combate à procuradoria ilícita, das relações institucionais e de cooperação franca, leal e solidária com os demais órgãos da Ordem dos Advogados”.

Defende-se, ainda, “o reforço da relações institucionais e de cooperação com os demais operadores judiciários, a promoção positiva da advocacia através da intervenção na comunidade, o reforço da denúncia da violação dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos e a defesa dos direitos dos advogados no exercício da sua profissão e denúncia de todo e qualquer violação desses direitos”.

As acções de campanha de António Sá Gonçalves já estão assim calendarizadas: Coimbra – 03/10, 19h30h; Castelo Branco – 08/10, 17h30; Covilhã – 08/10, 19h30; Aveiro – 17/10, 18h30; Tomar – 24/10, 18h00; Guarda – 31/10, 18h00; Figueira da Foz – 05/11, 18h00; Viseu – 08/11, 18h30; Leiria – 15/11, 18h30 – Coimbra – 22/11, 20h30, jantar de encerramento.

Político em Torres Novas

O advogado José Trincão Marques, que vai apresentar a candidatura ao CRC, é presidente da Assembleia da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e presidente da Assembleia Municipal de Torres Novas, eleito pelo PS.

A formação deste jurista é a licenciatura pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e o curso do Ambiente pela Universidade Católica, tendo pós-graduação em Estudos Europeus, em Direito do Ordenamento e em Direito da Medicina pela Universidade de Coimbra. É, ainda, mestre em Gestão e Conservação da Natureza, pela Faculdade de Ciências do Ambiente e do Mar da Universidade do Algarve, e doutorando em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável, pela Universidade de Lisboa.

As eleições para os órgãos nacionais e regionais da Ordem dos Advogados vão decorrer nos dias 27, 28 e 29 de Novembro, com a segunda volta para Bastonário, no caso de não haver maioria à primeira volta, a realizar-se nos dias 11, 12 e 13 de Dezembro.

A eleição para Bastonário da OA já conta com quatro candidatos, a saber, António Jaime Martins, Isabel da Silva Mendes, Luís Menezes Leitão e Guilherme Figueiredo, que se recandidata.

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com