Coimbra  27 de Maio de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

ADFP volta a premiar alunos brilhantes com vaga no St. Paul´s School

2 de Março 2020

José Palrinhas, Isabel Desidério, Jaime Ramos, Graça Dias e António Simões, membros da Direcção da Fundação ADFP, apresentaram a iniciativa no St. Paul´s School, em Coimbra

 

Os alunos que sejam “brilhantes” e que, por razões de ordem económica das suas famílias, não possam frequentar um colégio privado como o St. Paul´s School, em Coimbra, terão essa oportunidade já no próximo ano lectivo.

A iniciativa da Fundação Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP) de atribuir três bolsas de estudo volta a repetir-se pela segunda vez, privilegiando sempre estudantes cujas famílias não tenham condições financeiras para os matricular no colégio bilingue St. Paul´s School.

“Estas bolsas são destinadas a crianças sobredotadas ou com grandes capacidades intelectuais”, explicou o presidente da ADFP, Jaime Ramos, adiantando que esta é uma iniciativa que se insere no projecto “Mentes Brilhantes”, que tem vindo a ser desenvolvido nas escolas públicas de Miranda do Corvo.

Esse projecto pretende recrutar talento e trabalho, “para um sistema de ensino que valorize as capacidades intelectuais dos alunos, dando-lhes uma atenção especial por parte das escolas e da comunidade, procurando combater o abandono escolar e promover o sucesso educativo”, sublinhou o responsável.

Serão, então, atribuídas três bolsas de estudo, uma por cada ciclo de ensino (1.º, 2.º e 3.º) para o próximo ano lectivo de 2020/2021. O valor a atribuir vai depender do rendimento das famílias e pode ir do pagamento da inscrição e mensalidade, até aos almoços e até transporte.

As candidaturas estão abertas até 30 de Abril, podendo ser realizadas no website da Fundação ADFP, e os critérios de selecção passam pela avaliação do mérito académico nos últimos dois anos de escolaridade e dois últimos períodos lectivos; recomendação dos estabelecimento de ensino que frequentam e uma entrevista com o aluno e família.

“Este é um tipo de ensino diferenciado e alternativo, um colégio particular e bilingue, que veio colmatar um défice que existia em Coimbra”, referiu Jaime Ramos, acrescentando que “o St. Paul´s está a fazer um importante trabalho no desenvolvimento regional e nacional”.

O presidente da ADFP assegurou, ainda, que “só serão atribuídas as bolsas de estudo a estudante cujas famílias realmente não tenham condições financeiras de os colocar neste colégio, caso tenham rendimentos para tal, terão de pagar como qualquer outra”.

Actualmente, o St. Paul´s School conta com 130 alunos, desde a creche até ao 8.º ano de escolaridade, de 12 nacionalidades diferentes, e que habitam em vários concelhos do distrito de Coimbra e Aveiro (Anadia).

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com