Coimbra  12 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

ADFP abre St. Paul´s School e creche no antigo edifício da Mogno Móveis

8 de Setembro 2017

A Fundação Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP) abre, amanhã (09), as portas do antigo Colégio de São Martinho, agora como St. Paul´s School, e, segunda-feira (11), entra em funcionamento a creche e pré-escola nas antigas instalações da empresa Mogno Móveis.

Os primeiros alunos já começaram a chegar ao St. Paul´s School, um colégio bilíngue português/inglês, com instalações renovadas, e que este sábado está aberto à comunidade para que ela possa conhecer, “in loco”, “os princípios orientadores, bem como as suas instalações e serviços de apoio que presta”, refere, em comunicado, a Direcção da escola.

Neste “dia aberto”, entre as 09h30 e as 13h00, serão dinamizadas diversas actividades subordinadas ao tema “Welcome to St. Paul´s”, mostrando o seu projecto educativo e as actividades extracurriculares, dinamizadas por diversas entidades parceiras, e que decorrerão ao longo do ano lectivo.

O St. Paul´s School tem capacidade para funcionar com as valências de berçário, jardim-de-infância, 1.º, 2.º, 3.º ciclo e secundário (admitindo, actualmente, inscrições apenas até ao 6.º ano), sendo que todos os anos será acrescentado um novo ano de escolaridade.

Nesse sentido, as valências de creche e pré-escola, que no ano lectivo anterior funcionaram nas instalações do Colégio de São Martinho e que pertenciam, originalmente, ao Centro Social e Paroquial de S. Martinho, mudam-se, a partir de segunda-feira (11), para o antigo edifício da empresa Mogno Móveis, no Estremão, perto da via rápida que liga Taveiro a Coimbra.

Estas valências poderão funcionar com 150 crianças, número susceptível de variar dependendo dos acordos que venham a ser feitos com a Segurança Social e com o Ministério da Educação.

No mesmo espaço em Estremão, adquirido pela Fundação e que beneficiou de obras de remodelação, deverá, ainda, funcionar a Universidade Sénior do Mondego, também sob alçada da ADFP, passando a chamar-se Centro Mondego.

Quanto ao St. Paul´s School, o modelo pedagógico que irá desenvolver tem, na sua génese, o mesmo que rege o St. Peter´s International School, em Palmela (Setúbal), que se tem vindo a revelar “um sucesso”.

O programa educativo da escola de Palmela será replicado no St. Paul’s School, sendo bilíngue e assentando no domínio, desde os primeiros anos da criança, do português e do inglês. O colégio irá, ainda, proporcionar aos alunos a aquisição de larim a partir do 1.º ciclo, do espanhol a partir do 2.º ciclo e do alemão no 3.º ciclo de escolaridade. O objectivo passa por “dotar os alunos da maior proficiência linguística, que os tornará falantes capacitados de uma grande polivalência”.

O facto de ser um colégio internacional permitirá aos estudantes que ali concluam o 12.º ano obter um diploma internacional, válido para Portugal e outros países, dando-lhes a possibilidade de entrarem em qualquer universidade do mundo.

Na apresentação oficial do novo estabelecimento escolar, em Abril, Jaime Ramos, presidente da ADFP, considerou que o St. Paul´s School “vem suprir uma lacuna” que existe em Coimbra ao nível do ensino. “Queremos criar em Coimbra uma escola de excelência, que rivalize com as melhores experiências pedagógicas de Lisboa e do Porto; Coimbra com o St. Paul´s School ficará ao nível dos melhores colégios privados que existem naquelas cidades”, frisou.

Na altura, a administração assegurou a “excelência na qualidade alimentar, excelência na segurança dos alunos e objectivos de excelência no sucesso futuro das crianças que frequentarem o St. Paul´s School”. Jaime Ramos sublinhou, ainda, que quer “uma escola de excelência que apoie as famílias da creche à universidade”.

O novo colégio tem uma gestão privada, sem apoios do Estado, cujos custos da escolaridade são assumidos pelas famílias.

11 - St Pauls School

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com