Coimbra  18 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Actor Luís Aleluia morre aos 63 anos

24 de Junho 2023 Jornal Campeão: Actor Luís Aleluia morre aos 63 anos

O actor Luís Aleluia morreu ontem aos 63 anos, divulgou na sua página na rede social Facebook o humorista Herman José.

“Soube da notícia agora. O querido Luís Aleluia foi distribuir gargalhadas para outra dimensão. Paz à sua alma. Era um homem bom, e um excelente comediante”, frisou Herman José na sua publicação.

Luís Aleluia, nascido em 23 de Fevereiro de 1960 em Setúbal, teve várias participações em teatro e televisão, tendo ficado célebre pela interpretação como “Menino Tonecas” na Série da RTP, As Lições do Tonecas.

O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa lamentou a morte do actor Luís Aleluia, aos 63 anos, recordando o seu “talento, empatia e capacidade de conquistar o público de várias idades”.

“Guardamos na nossa memória o que foi de facto o seu talento, a sua empatia, a sua capacidade de conquistar publico, de várias idades e ao longo de muito tempo”, sublinhou o chefe de Estado no Porto, à margem dos festejos da noite de São João.

Luís Aleluia desde cedo demonstrou interesse pelas Artes Performativas. Ele iniciou a sua trajectória colaborando com vários Grupos de Teatro Amador antes de ingressar na Companhia de Teatro de Animação de Setúbal, onde se profissionalizou e completou o seu estágio. Após essa fase, Luís Aleluia mudou-se para Lisboa, estabelecendo residência na capital portuguesa.

Ao longo da sua carreira, Luís Aleluia actuou tanto no teatro quanto na televisão, conquistando grande popularidade com seu papel como “Menino Tonecas” na série da RTP, intitulada “As Lições do Tonecas”. A sua interpretação cativante e talentosa do personagem rendeu-lhe reconhecimento e carinho do público.

Luís Aleluia também recebeu várias distinções e prémios pelo seu trabalho como actor. Ele mostrou-se versátil e também se aventurou como autor, encenador e produtor de espectáculos. Em parceria com Carlos Alfaiate, Luís Aleluia fundou a empresa Cartaz – Produção de Espectáculos em 1992, que desempenhou um papel importante no desenvolvimento da descentralização das artes cénicas.

Com o seu talento multifacetado e dedicação às Artes Performativas, Luís Aleluia deixou uma marca significativa no cenário artístico português.